Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Prefeitura implanta sistema de gestão para elevar qualidade da educação em Manaus

A meta, segundo o prefeito Arthur Neto, é ver a cidade entre as dez melhores no Brasil no índice do Ideb até 2016

Segundo o prefeito, a nova metodologia de gestão será implantada em 506 escolas da rede municipal

Segundo o prefeito, a nova metodologia de gestão será implantada em 506 escolas da rede municipal (Divulgação/Semcom)

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, reafirmou nesta segunda-feira, 14, que vislumbra, até 2016, Manaus entre as dez cidades brasileiras com melhor índice de aprendizado na avaliação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). A meta foi anunciada durante a divulgação dos resultados da rede municipal de ensino. Na ocasião, a prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), apresentou o programa de gestão que visa melhorar a qualidade do ensino e aprendizagem.

Para elevar esse índice, a Prefeitura de Manaus implantará nas 506 escolas da rede, com auxílio do Instituto Aquila, a metodologia da Gestão Integrada da Educação – Avançada (Gide-Avançada). A Gide-Avançada é baseada no método científico PDCA (sigla em inglês para Plan, Do, Check and Act, que em tradução livre significa Planejar, Executar, Verificar e Agir).

“Eu espero um grande salto e queremos ver Manaus passando para umas das dez cidades com melhor aprendizado no índice do Ideb em 2016. Manaus não pode ficar como a 16ª cidade em aproveitamento escolar de base inicial e 24ª na base final, no contexto das cidades do Amazonas. É inaceitável que nós estejamos nesta colocação e esse quadro tem que mudar e por isso vamos trabalhar a gestão com absoluto critério em todos os seguimentos voltados para a educação olhando prioritariamente para o aluno”, afirmou.

Durante o encontro, o Instituto Aquila apresentou os resultados os resultados do Ideb, que não foram satisfatórios. De acordo com os dados, os resultados cresceram, mas não alcançaram a meta do Ministério da Educação (MEC). O prefeito afirmou que essa realidade vai mudar e por isso buscou parceria junto ao instituto que é referência nas principais capitais brasileiras. “Nós somos a sétima ou sexta cidade em renda per capita, mas estamos mal posicionados junto ao Ideb e isso é inaceitável e junto com os professores vamos mudar essa realidade”, comentou.

Parceria

Por meio da Gide-Avançada, a Semed pretende melhorar a qualidade do ensino-aprendizagem e elevar os índices da educação. Em 2011, os gastos com alunos que abandonaram ou repetiram o ano foi igual a R$ 111,7 milhões. No mesmo período, 36.634 alunos repetiram ou abandonaram a escola e o gasto médio com cada estudante foi igual a R$ 3.050,15.

Manaus obteve a nota de 4,1, no Ideb de 2011, nos anos iniciais (1º ao 5º ano); desempenho 17,1% superior ao índice de 3,5 alcançado, em 2009. Apesar do crescimento, não alcançou a meta do MEC de 4,3. Com a nota de 4,1, Manaus ficou 20ª posição entre as capitais do País. Em primeiro lugar, aparece Florianópolis com 6,0.

Quando comparados somente os sete Estados da Região Norte, Manaus ficou na 6ª posição. Entre os 58 municípios do Amazonas que possuem resultado do Ideb para os anos iniciais, Manaus está na 16ª posição. Nos anos finais (6º ao 9º ano), a rede recebeu a nota de 3,1, em 2011, uma elevação de 6,9% em relação a 2009, quando teve a nota de 2,9; ultrapassando a meta do MEC de 3,0.

Manaus também ficou na 20ª posição em as capitais em 2011 em relação anos finais. Em primeiro, ficou Palmas com 5,0. Em relação as sete capitais da Região Norte, Manaus ficou na 5ª posição. Entre os 32 municípios do Amazonas que possuem resultado do Ideb para os anos finais, Manaus está na 24ª posição.

“Nós fomos buscar não uma consultoria qualquer, mas um instituto que pudesse nos orientar e encontramos e nos juntamos a que tem notoriedade nacional. Estamos bem assessorados e vamos enfrentar esse dilema junto com profissionais capacitados e juntos conseguiremos esse avanço significativo”, disse Michiles.

* Com informações da Secretaria Municipal de Comunicação Semcom).