Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Projeto Científico do Grupo Literatus é aprovado pela Fapeam

Pelo segundo ano consecutivo grupo conseguiu apoio para a IV Mostra Científica da Faculdade Literatus - UniCEL. Em 2013, evento teve a presença da diretora-presidente da Fapeam, Maria Olivia de Albuquerque Ribeiro Simão

Diretora-presidente da Fapeam, Maria Olivia de Albuquerque Ribeiro Simão, em palestra na III Mostra Científica da Faculdade Literatus

Diretora-presidente da Fapeam, Maria Olivia de Albuquerque Ribeiro Simão, em palestra na III Mostra Científica da Faculdade Literatus (Divulgação)

O projeto da IV Mostra Científica da Faculdade Literatus - UniCEL foi aprovado pelo Programa de à Realização de Eventos Científicos e Tecnológicos (PAREV), da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM) nesta semana.

É o segundo ano consecutivo que o projeto do Grupo Literatus recebe apoio financeiro ao evento científico pelo Edital PAREV/FAPEAM. Ano passado, na III Mostra Científica da Faculdade Literatus – UNICEL foram apresentados trabalhos científicos pelos alunos vinculados ao Programa de Iniciação Científica. Na ocasião, foram ministradas palestras por doutores renomados que contou com a presença da diretora-presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM), Maria Olivia de Albuquerque Ribeiro Simão.

Para a Diretora de Pesquisa, Profª Dra. Milena Rodrigues Soares Mota, organizadora do evento, a Mostra Científica é uma grande oportunidade para exposição, apresentação e discussão de trabalhos e pesquisas científicas entre os alunos e professores pesquisadores de Manaus.

“Geralmente os trabalhos dos alunos envolvem uma investigação sobre um fenômeno ou um tema, onde os alunos aplicaram métodos e processos técnicos-científicos, fazendo com que eles ganhem experiência para futuramente ingressar na carreira científica”, comentou a coordenadora.

*Com informações da assessoria