Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Qualidade da água terá novas exigências a partir desta quinta-feira (12)

Segundo o Ministério da Saúde, empresas de água deverão procurar laboratórios de análises para atestar todas as requisições previstas em Portaria. A concessionária Manaus Ambiental afirma que cumpre todos os itens

De acordo com o órgão, são feitas por ano 30 mil análises físico-químicas e bacteriológicas, da água captada, tratada e distribuída

De acordo com o órgão, são feitas por ano uma média de 30 mil análises físico-químicas e bacteriológicas, da água captada, tratada e distribuída (Euzivaldo Queiroz)

A partir desta quinta-feira (12), empresas responsáveis pelo fornecimento de água ou que armazenem para o consumo dos funcionários serão obrigadas a garantir o controle de qualidade por meio da Portaria nº 2.914 de 12 de dezembro de 2011. A lei estabelece o encaminhamento de relatórios de análises às autoridades de saúde pública. O órgão responsável pelo serviço na capital amazonense, a Manaus Ambiental, afirma que atende todas as exigências e orienta os clientes na manutenção de suas instalações.

Segundo o Ministério da Saúde, as empresas deverão procurar laboratórios de análises para que eles possam atestar todas as requisições previstas na Portaria. Entre as principais está o monitoramento de cianobactérias, mudança no padrão de turbidez, a inclusão da obrigatoriedade da avaliação de saxitoxina, parâmetros de gosto e odor e avaliação de indicadores bacterianos e compostos orgânicos prejudiciais aos seres humanos e animais.

De acordo com a Manaus Ambiental, informações são apresentadas periodicamente sobre o Controle de Qualidade da Água à Vigilância Sanitária, a Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Estado do Amazonas (Arsam) e aos próprios clientes, no verso da conta de água.

“Toda essa qualidade, é atestada através de análises realizadas diariamente através dos laboratórios localizados no Complexo da Ponta do Ismael, Compensa, Zona Oeste e também de laboratórios terceirizados. Em média, são realizadas por ano 30 mil análises físico-químicas e bacteriológicas, da água captada, tratada e distribuída”, afirmou o órgão.

Manutenção

Apesar da importância em analisar periodicamente a qualidade da água tratada nas concessionárias, também se ressalta a necessidade na limpeza das instalações hidráulicas.

“Para a boa qualidade da água consumida é fundamental que os clientes mantenham suas instalações hidráulicas adequadas e os reservatórios domiciliares (caixas d’água) em bom estado de conservação, realizando a limpeza pelo menos, de seis em seis meses”, informou a Manaus Ambiental.

A empresa também disponibiliza os números de atendimento ao cliente 08000-920-195 e (92) 3627-8360 para a solicitação de análises, além do e-mail faleconosco@manausambiental.com.br para a comunicação.