Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Reputação de Manaus está em 6º lugar entre as cidades-sede da Copa do Mundo

Dados divulgados por consultoria internacional mostram que Manaus ficou na média tanto na avaliação dos moradores quanto na dos residentes de outras cidades; São Paulo e Brasília ocuparam as últimas posições

Manaus irá sediar quatro jogos da primeira fase da Copa do Mundo de Futebol Fifa

Manaus irá sediar quatro jogos da primeira fase da Copa do Mundo de Futebol Fifa (J. Renato Queiroz)

Um estudo divulgado nesta sexta (21) pela Reputation Institute, consultoria especializada em gestão de reputações, mostrou o que pensam os moradores das 12 cidades que sediarão os jogos da Copa do Mundo de futebol, em junho.

O objetivo foi descobrir como anda a reputação dessas cidades, de modo a identificar e remediar possíveis problemas – além, é claro, de valorizar as virtudes. A pesquisa aconteceu entre os meses de fevereiro e março, e envolveu mais de quatro mil entrevistados, cuja tarefa era avaliar a sua própria cidade e uma das outras 11 cidades-sede, com a qual tivesse mais familiaridade.

A metodologia escolhida para o questionário foi uma combinação entre avaliação emocional, baseada em estima, admiração, confiança e empatia, e outra racional, que partiu das percepções dos entrevistados sobre três fatores: Ambiente Atrativo, Governo Efetivo e Economia Avançada, onde foram avaliados atributos como a beleza da cidade, a segurança e a confiança dos moradores nos representantes políticos.

Nessa conta, Manaus caiu exatamente no meio do caminho: tanto na avaliação dos próprios moradores quanto na dos de outras sedes, Manaus ficou com a 6ª melhor (ou pior) reputação. A nota dos residentes (64,92) foi um pouco melhor que a dos não-residentes (61,64), mas, mesmo assim, a diferença foi pequena.

São Paulo não teve a mesma sorte – ficou com a pior nota: 54,32. Pelo mesmo critério de avaliação dos moradores, Porto Alegre é o município mais bem cotado, com a nota 68,19. Curitiba ocupou a segunda colocação, com 67,48, e Natal vem a seguir, com 66,33. Essas são as três cidades que alcançaram índices superiores à média do País (67,24). Na avaliação dos não residentes, São Paulo sobe para a antepenúltima colocação (53,43). Em último e penúltimo lugar se situam Brasília (43,39) e Rio de Janeiro (49,23), respectivamente. Curitiba (66,15) e Porto Alegre (65,84) novamente encabeçam a lista, mas em posições invertidas.

Em 2013, quase todas as cidades alcançaram índices menores em comparação com 2012. A única exceção foi Natal, que aumentou em seis pontos a sua reputação. “Isso mostra que o brasileiro aumentou seu senso crítico e está com um nível maior de exigência em diversos aspectos como segurança, infraestrutura e desenvolvimento econômico”, explicou a diretora executiva do Reputation Institute no Brasil, Ana Luisa de Castro Almeida.

A pesquisa também revelou que os residentes consideram que a beleza e o estilo de vida são aspectos muito importantes para a cidade, mas o conjunto de questões como segurança, infraestrutura, lideranças respeitáveis, avanço tecnológico e bom ambiente para realização de negócios é fundamental para uma percepção positiva sobre ela.