Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

SMTU e PM realizam operação visando apreender taxis piratas, na Zona Sul de Manaus

Operação Carteirão é deflagrada pelo órgão depois de seguidas denúncias de irregularidades. O valor da multa aos condutores pelas anormalidades chega a mais de R$ 3 mil

SMTU realiza Operação Carteirão nas ruas de Manaus.

SMTU realiza Operação Carteirão nas ruas de Manaus. (Perla Soares)

A Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) deflagrou na manhã desta terça-feira (29) a “Operação Carteirão”, na região do bairro Educandos, na Zona Sul de Manaus. A ação visa tirar de circulação os veículos sem autorização para o transporte de passageiros, os chamados “taxis piratas”. O órgão também está autuando os carros com outras irregularidades, como a falta de itens de segurança.

A ação acontece em conjunto com a Polícia Militar (PM) e agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans). Nas primeiras horas da operação, 12 carros já haviam sido autuados por não possuírem o "carteirão" - documento expedido pelo órgão que autoriza o condutor a transportar passageiros. Desta parcial, três não tinham, sequer, a placa vermelha, obrigatórias para taxis.

Os motoristas pegos na ação tiveram o veículo apreendido e ainda serão penalizados com uma multa no valor de R$ 3.151,10. Em casos de reincidência, o valor da cobrança dobra de preço.


A SMTU também está fiscalizando as condições dos taxis que circulam pela capital amazonense. Carros com pneus carecas, luzes sinalizadoras quebradas e a falta ou má situação de itens de segurança, como extintores de incêndio e cintos de segurança, também são alvo da fiscalização rigorosa por parte das autoridades.

A "Operação Carteirão" segue por todo o restante da manhã desta terça-feira e os veículos apreendidos na ação serão levados para o parqueamento da SMTU, acarretando mais encargos para os infratores.

*Com informações da repórter Perla Soares