Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Sefaz capacita técnicos para implantar uma das plataformas de processamento de dados mais modernas do mundo

Chamada ‘IBM System z’, ela vai possibilitar que operações que exijam alta capacidade de processamento e confiabilidade, como emissão de notas eletrônicas, possam ser feitas com mais segurança

Servidores da Sefaz e da Prodam vão aprender a operar a plataforma

Servidores da Sefaz e da Prodam vão aprender a operar a plataforma (Antônio Lima/Arquivo AC)

Nesta semana (de 22 a 24 de julho), a Secretaria de Estado da Fazenda do Amazonas (Sefaz-AM) capacita técnicos do seu Departamento de Tecnologia da Informação (Detin) para implantar na Secretaria, até o fim deste ano, uma das mais avançadas plataformas de processamento de dados de alta disponibilidade. Trata-se da plataforma IBM System z, na mais nova versão desenvolvida pela fabricante norte-americana, a zEC12.

Juntos com técnicos da fazenda estadual, também serão capacitados no evento “zDAY Sefaz-AM” técnicos da Processamento de Dados do Amazonas (Prodam), que participa como parceira no projeto do Governo de dotar a secretaria de Fazenda de uma infraestrutura de Tecnologia da Informação de maior performance, com mais segurança e confiabilidade no processamento de um grande volume de dados 24 horas por dia. É o que exigem, por exemplo, os sistemas da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) e de Consumidor Eletrônica (NFC-e), além de todos os serviços disponibilizados virtualmente pela Sefaz-AM.

A capacitação inaugura uma série de outras planejadas até a nova tecnologia ser totalmente implantada, até o fim do ano, explica o diretor do Detin da Sefaz-AM, Francisco Elzenir. Segundo ele, com a nova tecnologia que está sendo incorporada à infraestrutura de Tecnologia da Informação do fisco estadual, os milhões de dados processados diariamente terão uma espécie de “armazenamento de redundância”, ou seja, reserva na Prodam, o mesmo ocorrendo no caso da Prodam em relação aos equipamentos que serão instalados na Sefaz-AM. A ideia é garantir a integridade dos dados e que uma eventual pane, em algum sistema, não seja um problema, para o Estado ou contribuintes.

O especialista em System z da IBM Eduardo Franco explica que essa plataforma adquirida pela Sefaz-AM é a mais moderna existente, utilizada pelos maiores bancos, companhias aéreas e indústrias de todo o mundo. E no Brasil, entre as secretarias de Fazenda, o Amazonas é o primeiro a implantar a mais recente versão, que vem sendo aprimorada pela IBM há cinco décadas. “Exatamente neste ano essa plataforma completa 50 anos de aperfeiçoamentos”, destaca o especialista.

O gerente comercial da IBM em Manaus, Deraldo Almeida Jr., acrescenta que foi investido cerca de US$ 1 bilhão para desenvolver o último mainfraime, o zEntrerprise  dando continuidade ao System z. Essa plataforma, destaca o executivo, traz ganhos de performance, de segurança de dados, de eficiência em empresas e instituições que lidam com um volume muito grande de processamento de dados, sem precisar parar. É um sistema que funciona continuamente, 24 horas por dia, sete dias por semana.

O gerente de Tecnologia, do Departamento de Tecnologia da Informação da Sefaz-AM, César Andrade, lembra que, paralelamente ao investimento que vem fazendo nessa área, a Secretaria também tem investido em soluções energéticas para a garantia do fornecimento contínuo de energia, como por intermédio da implantação de grupos geradores. O objetivo é manter sempre em funcionamento todos os sistemas que a Sefaz-AM utiliza para processar dados e os que possibilitam a Secretaria oferecer serviços online aos contribuintes a partir de seu site (www.sefaz.am.gov.br).

Curso em alto nível

Nos três dias de qualificação dos técnicos na plataforma IBM System z, os servidores da área da Tecnologia da Informação da Sefaz-AM e Prodam passarão por tópicos como “Do Mainframe ao System z”; “Tour zEnterprise EC12”, que é a versão mais atual da plataforma em questão; ao “Computação Mobile e Segurança em System z”.

Todos os temas serão abordados por especialistas da IBM em hardware e software. São eles Ewerson Palacio, com mais de 30 anos de experiência em hardware IBM; Livio João dos Santos de Souza, especialista em Tecnologia da Informação sênior, com mais de 14 anos de experiência em plataformas, sendo mais de 10 anos dedicados ao System z; e  Carlos Eduardo Zorzin, com larga experiência em gerenciamento e implantação de projetos voltados à inteligência de negócios e análises.

* Com informações da Agência de Comunicações do Estado do Amazonas (Agecom).