Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Seminovos possibilitam a compra do carro dos sonhos

Concessionárias vendem importados revisados e pouco rodados, cujos preços podem chegar a metade de um zero quilômetro

A compra de um carro importado se torna possível com as promoções de seminovos

A compra de um carro importado se torna possível com as promoções de seminovos (FOTO: BRUNO KELLY/ACRÍTICA)

Comprar um carro importado  é um sonho que está mais palpável neste início de ano diante das promoções de seminovos nas concessionárias.

Modelos como a Mitsubishi Pajero, com dois anos de uso,  são encontradas com até R$ 40 mil de desconto. O Volkswagen Passat, que zero quilômetro custa R$ 120 mil é encontrado  por R$ 70 mil  na concessionária Mavel, com apenas 20 mil km rodados. O Jetta, de R$ 87 mil sai por R$ 60 mil.

Além dos preços baixos,  as concessionárias apostam na entrega de carros revisados,  na garantia de três meses e em financiamentos de 60 meses que cobrem 100% do valor.

vantagens

 Chico Melo, gerente de seminovos da Mavel, garante que vale a pena comprar um seminovo desse porte pela vantagem financeira. “É importante notar que o cliente que compra um Passat ou um Jetta zero quilômetro, é uma pessoa que preserva o veículo. Percebe-se pelo estado dos carros que temos aqui. Você adquire  um carrão por um preço mais barato”, diz Melo.

Outro detalhe apontado por Chico é em relação a manutenção. “A manutenção desses carros continua sendo mais cara que a de um popular ou um médio, óbvio. Mas vale destacar que as peças são mais duráveis, portanto desgastam menos. E se o dono fizer as revisões regulares, o custo será bem reduzido. O único risco fica por conta de uma colisão. Aí vale a pena fazer um seguro”, aconselha Chico.

Já Luiz Cavalcanti, gerente de seminovos das concessionárias Toyota, Peugeot, Hyundai, Renault e Nissan, diz que as vantagens de suas revendas estão na baixa quilometragem dos  automóveis. “Vendi recentemente uma Hilux por R$ 68 mil, que estava com apenas 800 km rodados. Uma picape do mesmo modelo nova custa R$ 90 mil”, destaca Luiz.

Mais ofertas

Na pesquisa realizada entre os concessionários da cidade, A CRÍTICA encontrou outras boas ofertas. É o caso do Honda CRV 2010, que está no pátio da Shizen Veículos. O crossover, que zero quilômetro custa R$ 106 mil, está à venda por R$ 85 mil.

Na Via Marconi, o Fiat 500 ano 2009/2010 pode ser comprado por até R$ 43.900. No show room, não sai por menos de R$ 55 mil. “Esse modelo está com apenas quatro mil quilômetros rodados. Além da garantia de três meses, entregamos o carro revisado na parte elétrica e mecânica”, garante Carla Pereira, consultora de vendas.

Na Pedragon tem  Chevrolet  Captiva  seminova com garantia de fábrica ainda. “A garantia é de três anos e esse carro é modelo 2009”, diz Ariane Carvalho, gerente de seminovos.  O utilitário esportivo que custa R$ 89.980 está sendo vendido por R$ 75.980 com 30 mil quilômetros rodados.

Na Hyundai CAOA, a oferta boa é do Santa Fe. O  crossover  tem 28 mil rodados e custa R$ 86 mil. Novo, o carrão sai por R$ 110 mil.

Ofertas boas não faltam.  Então, bons negócios!

Dicas para comprar um usado

Previna-se antes de fechar qualquer negócio. Consulte o Detran previamente, a respeito de documentação, multas e restrições em gerais. O ideal é que o carro passe pela vistoria do órgão, antes que se faça o pagamento.

Como o preço dos carros usados costuma variar muito, pesquise!

Considere o modelo, a cor, o ano de fabricação, a quilometragem, as revisões realizadas e os opcionais (alarme, som, desembaçador, vidro elétrico etc.), para avaliar se o valor está de acordo com o de mercado.

Procure a ajuda de um mecânico de sua confiança para avaliar o estado geral do carro. Todo cuidado é pouco!