Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

A seis meses da eleição, Tribunal Superior Eleitoral será presidido por Dias Toffoli

Toffoli substituirá o ministro Marco Aurélio à frente do órgão federal no próximo mês de maio e será responsável pelas eleições de outubro de 2014

Ministro Dias Toffoli profere seu voto no julgamento da Ação Penal (AP) 470

Ministro Dias Toffoli profere seu voto no julgamento da Ação Penal (AP) 470 (Felipe Sampaio/SCO/STF)

O ministro Dias Toffoli foi eleito nesta terça-feira (8) presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ele vai substituir o ministro Marco Aurélio, que deixará a presidência no mês que vem, quando completará quatro anos no tribunal, prazo de permanência no TSE. Toffoli vai comandar as eleições presidenciais de outubro. O vice-presidente será o ministro Gilmar Mendes. A posse será no dia 13 de maio. 

A votação foi simbólica, pelo fato da presidência ser ocupada por ordem de antiguidade entre os três ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), que também compõem o TSE.  Além de Toffoli, Mendes e Marco Aurélio também pertencem ao Supremo. Também fazem parte do TSE dois ministros oriundos do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e dois membros da advocacia.

Toffoli foi empossado como ministro efetivo do TSE em maio de 2012.  Ele nasceu em Marília (SP), no dia 15 de novembro de 1967. Formou-se em direito, em 1990, na Universidade de São Paulo (USP), e especializou-se em direito eleitoral.

Em 1995, ele começou a atuar como assessor parlamentar do Partido dos Trabalhadores (PT). Também foi advogado do PT nas campanhas eleitorais do ex-presidente Lula em 1998, 2002 e 2006. Toffoli também ocupou o cargo de advogado-geral da União.