Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

TCE informa relatores das prestações de contas de 2014-2015

Os dados estão disponibilizados no Serviço de Informação ao Público (SIP), no portal do TCE, para acompanhamento da sociedade

Em relação aos 61 municípios, as administrações/órgãos foram agrupadas por calhas e distribuídas, por sorteio, aos conselheiros e auditores para respectiva relatoria

Em relação aos 61 municípios, as administrações/órgãos foram agrupadas por calhas e distribuídas, por sorteio, aos conselheiros e auditores para respectiva relatoria (Alexandre Fonseca/AC)

As relatorias das prestações de contas referentes aos municípios do interior do Amazonas, da Prefeitura de Manaus e do governo do Estado para o biênio 2014-2015 já estão definidas pelo Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM). Os dados estão disponibilizados no Serviço de Informação ao Público (SIP), no portal do TCE, para acompanhamento da sociedade.

Em relação aos 61 municípios, as administrações/órgãos (prefeituras, Câmaras e etc.) foram agrupadas por calhas (áreas) e distribuídas, por sorteio, como nos anos anteriores, aos conselheiros e auditores para respectiva relatoria. O conselheiro Josué Filho, que não relata processos ligados às prestações de contas nos próximos dois anos por estar na presidência, relatará somente os processos administrativos.

O conselheiro decano e corregedor do TCE, Lúcio Albuquerque, ficou com a Área 5 e irá relatar as contas dos municípios de Apuí, Autazes, Borba, Careiro, Humaitá, Manicoré e Novo Aripuanã. Já o  conselheiro Júlio Cabral relatará as contas de Boca do Acre, Canutama, Juruá, Lábrea, Pauini e Tapauá (Área 3).

Responsável pela Área 9, o conselheiro Raimundo Michiles vai apreciar as contas das cidades de Barreirinha, Boa Vista do Ramos, Nhamundá, Parintins, Rio Preto da Eva, São Sebastião do Uatumã e Urucará.

O conselheiro Júlio Pinheiro vai relatar a Área 6, que engloba os municípios de Barcelos, Coari, Codajás, Santa Isabel do Rio Negro, São Gabriel da Cachoeira e Novo Airão. Já o conselheiro e coordenador da Escola de Contas do TCE, Érico Desterro, responsável pela Área 1, vai relatar as contas de Amaturá, Atalaia do Norte, Benjamim Constant, São Paulo de Olivença, Santo Antônio do Iça, Tabatinga e Tonantins.

O vice-presidente do TCE, conselheiro Ari Moutinho Júnior, vai relatar as contas da área 5 (Carauari, Eirunepé, Envira, Ipixuna, Itamarati e Guajará).

Os auditores do TCE ficaram com as áreas 7, 2 e 8. Responsável pela área 7, auditora Yara vai relatar as contas de Anamã, Anori, Beruri, Caapiranga, Careiro da Várzea, Iranduba, Manacapuru e Manaquiri. Com a área 2, o auditor Mário Filho relatará as contas  Alvarães, Fonte Boa, Japurá, Jutaí, Maraã, Tefé e Uarini nos próximos dois anos. O auditor Alípio Filho será o relator das contas de  Itacoatiara, Itapiranga, Maués, Nova Olinda do Norte, Presidente Figueiredo, Silves e Urucurituba, todos da área 8.