Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Voo da TAP que saiu de Manaus 'atola' na pista do Aeroporto de Belém com 115 passageiros

Avião afundou em gramado cancelando a partida para Lisboa, em Portugal. Passageiros que saíram de Manaus foram realocados em hotel, segundo empresa

Passageiros foram orientados a deixar aeronave no meio da pista do Aeroporto de Belém (PA) neste domingo (8)

Passageiros foram orientados a deixar aeronave no meio da pista do Aeroporto de Belém (PA) neste domingo (8) (Divulgação)

O voo da empresa aérea TAP Portugal que saiu de Manaus às 15h deste domingo (8) enfrentou problemas quando decolava do Aeroporto Internacional de Belém (PA) hoje. Devido à pista molhada e um erro de manobra do piloto, o avião acabou atolando o trem de pouso em um gramado e fez com que 115 passageiros cancelassem a partida.

De acordo com o jornalista Júlio Ventilari, chovia no momento do incidente. Segundo ele, o voo estava programado para chegar à cidade de Lisboa, em Portugal, na manhã desta segunda-feira (9), porém com o imprevisto ele deverá ser adiado por pelo menos um dia. “A empresa ainda não deu previsão de um novo voo. A pista do Aeroporto de Belém é estreita e isso prejudicou a manobra”, contou.

Os 115 passageiros foram orientados a deixar o avião em quartetos no meio da pista. “Não foi nada grave e poucas pessoas sentiram, porém aqueles que tinham outros voos programados de Lisboa terão que readequar os horários”, afirmou.

A assessoria de imprensa da TAP Portugal confirmou o incidente e informou que aguarda um engenheiro técnico apurar os motivos do ocorrido até esta segunda-feira (9). Segundo a empresa, os passageiros que saíram de Manaus já foram realocados em hotéis de Belém e devem ser informados sobre um novo voo amanhã.

A reportagem tentou contato com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) em Belém, mas a mesma evitou se pronunciar sobre o caso.