Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

ZFM tem faturamento estimado de R$ 80 bilhões em 2013

Suframa prevê que empresas do Pólo Industrial de Manaus fecharão no azul, e fixa o dia 20 para lançar edital de concurso

Thomaz Nogueira [Suframa]

Thomaz Nogueira, da Suframa (Divulgação)

As empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM) devem fechar 2013 com saldo positivo e superior ao de 2012. Em coletiva à imprensa nesta segunda (16), o superintendente da Zona Franca, Thomaz Nogueira, estimou o faturamento de R$ 80 bilhões, mais R$ 6 bilhões a mais que no ano anterior, que contabilizou R$ 73.496.069.086. Na ocasião, Nogueira afirmou ainda que o edital para o concurso da Suframa será publicado sexta-feira (20) e oferecerá 241 vagas.

A estimativa apresentada é baseada no faturamento adquirido até outubro desse ano, no valor de R$ 67.502.742.512. No mesmo período do ano passado, o valor foi de R$ 60.529.370.597. Mesmo com a crise, o polo de Duas Rodas somou, até outubro, R$ 11.772.807.561, segundo maior faturamento entre os polos. Outros que apresentaram números significativos foram os setores de Eletroeletrônicos e Informática, com arrecadação de R$ 22.627.943.759 e R$ R$ 10.749.377.351 respectivamente.

Empregos
Ainda de acordo com o superintendente, em outubro foram contabilizados 127 mil empregos no PIM, 1.760 a mais que o mesmo mês registrou no ano passado. Até agora, a média mensal de mão de obra é de 119.828. A de 2012 foi fechada em 120.280.

Até outubro, as admissões superaram as demissões em 7.837. No total, 48.694 pessoas foram contratadas e 40.857 foram demitidas. O resultado é animador já que, no ano passado, 52.343 demissões foram efetuadas, concluindo o ano com saldo negativo de -5.425.

Ano da Copa
Durante a Coletiva, Nogueira aproveitou para avaliar de forma otimista o ano de 2014. Para ele, será o “pontapé inicial” de uma renovação dos terminais locais. Ele frisou a inauguração do novo aeroporto e o previsto início das obras do Anel Viário – que vai duplicar a estrada do Tarumã até a confluência com a AM – 010, fazendo conexão com o Distrito Industrial - e do Porto na área da antiga Companhia Siderúrgica da Amazônia (Siderama).

Também previstos para 2014, estão os anúncios do modelo de representatividade no Centro de Biotecnologia do Amazonas (CBA), que deve ser definido até o dia 20 de janeiro, e a decisão a respeito da prorrogação da Zona Franca por mais 50 anos. Ele se mostrou positivo em relação e assunto e declarou que acredita em uma resposta ainda no primeiro semestre do ano que vem. “O processo eleitoral tem um condão de agilizar essa questão, ou seja, as pessoas percebem que a Zona Franca tem um valor positivo e ninguém quer se opor, então acredito que fechamos com apoio amplo”.