Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Dois homicídios com características de execução ocorrem na Zona Leste de Manaus

Em ambos os casos registrados na noite nesta sexta-feira (29), a vítima foi alvejada com vários tiros na cabeça quando caminhavam em via pública e nenhum suspeito foi preso até o momento

Os corpos dos homens executados na Zona Leste de Manaus foram recolhidos pelos agentes do IML.

Os corpos dos homens executados na Zona Leste de Manaus foram recolhidos pelos agentes do IML. (Winnetou Almeida)

A capital amazonense continua com alto índice de assassinatos. Mais dois casos foram registrados no início da noite desta sexta-feira (29), onde dois homens foram executados em plena rua. Ambos os crimes ocorreram na Zona Leste de Manaus, e as vítimas não tiveram chance de defesa.

O primeiro homicídio aconteceu na rua Ribeiros (antiga Travessa B-8), no bairro Gilberto Mestrinho. Segundo testemunhas, David Castro Gomes, de 29 anos, foi abordado por quatro homens em um veículo Ford, modelo Fiesta, na cor preta, de placas não identificadas e disparam seis vezes contra o homem. Quatro tiros atingiram a vítima, sendo duas vezes na cabeça, outro no braço e o quarto o atingiram nas costas.


A vítima agonizou por alguns minutos e veio a óbito antes que a ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegasse para socorrê-lo. O corpo do homem foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) para ser periciado.

A morte sobre duas rodas

O outro crime ocorreu na rua Lauro Amarelo, no bairro São José, também na Zona Leste de Manaus. Por volta das 20h, Erivaldo Barbosa da Silva, de 28 anos, foi executado com quatro disparos de arma de fogo. De acordo com testemunhas, a vítima percorria a via normalmente quando foi interceptada por dois homens em uma motocicleta de cor e placa não identificada.

Antes que o homem pudesse dizer alguma coisa, o carona da moto sacou de uma arma e acertou quatro vezes a cabeça da vítima que faleceu ainda no local. Os agentes do IML recolheram o corpo de Erivaldo para procedimento de perícia.

Segundo a Polícia Civil (PC), o morto era ex-presidiário e respondia na Justiça pelos crimes de tráfico de drogas e roubo. Ambos os casos de homicídio estão sendo investigados pelos policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).