Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Impostômetro será instalado nesta sexta-feira (23), em Manaus

Amazonenses poderão conferir em tempo real, arrecadação do Estado e quanto eles pagam de impostos. O painél eletrônico será instalado na fachada da Faculdade Maurício de Nassau, na avenida Djalma Batista

O impostômetro será instalado em Manaus, na próxima sexta-feira, 23

O impostômetro será instalado em Manaus, na próxima sexta-feira, 23

Desde o início do ano, até às 15h10 desta terça-feira (20), os amazonenses pagaram R$ 3,833 bilhões em impostos federais, estaduais e municipais, segundo o Impostômetro, ferramenta da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), criada em parceria com o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT).

O painel eletrônico apontou ainda que, por dia, o amazonense contribuiu com R$ 27,4 milhões. Já o volume pago por hora chega a R$ 1,144 milhão e por minuto R$ 19,7 mil.

Esse instrumento, que calcula a arrecadação em tempo real no País, será instalado em Manaus, na próxima sexta-feira, 23, na fachada da Faculdade Maurício de Nassau, na avenida Djalma Batista, ao lado da Espantalho Pneus. Com a ferramenta, o amazonense poderá acompanhar diariamente de segunda a segunda, quanto ele paga de imposto.

Atividades

Junto ao lançamento do Impostômetro serão realizadas atividades em alusão ao Dia da Liberdade de Impostos - DLI, que tem como meta conscientizar a população sobre a alta carga tributária que incide em produtos e serviços no País, cobrar a efetiva e correta aplicação dos impostos em benefício da sociedade e coletar assinaturas para o Movimento Assina Brasil, que propõe a Simplificação Fiscal por meio da redução do número de impostos, ponto de partida para a redução da carga tributária.

Para a presidente da Associação de Jovens Empresários do Amazonas (AJE) do Amazonas, Ananda Carvalho, trazer o Impostômetro para Manaus é um passo importante para conscientizar a população acerca desse recolhimento. “É uma oportunidade para conversar com a iniciativa pública sobre as proposições dos jovens para melhor aplicação desses impostos – em especial na educação”.

Segundo Rodrigo Paolilo, presidente da Confederação Nacional de Jovens Empresários (Conaje), entidade que junto a AJE e a Faculdade Maurício de Nassau, trouxe para Manaus o Impostômetro, a luta pela redução da carga tributária e a correta aplicação dos impostos é uma bandeira histórica da entidade. “Faz parte da pauta política institucional da Confederação para o desenvolvimento do País e que cobra expressa transparência e justa aplicação da cobrança tributária sobre o empresariado nacional e a população”, afirmou.