Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Concurso da Seduc mobiliza 61 mil candidatos no AM

Profissionais disputam 7.043 vagas de nível fundamental, médio e superior. Ausentes somaram 18,9%, diz organizadora do certame

Aglomeração de candidatos na porta de um dos locais de prova, ontem pela manhã, praticamente interditou uma das faixas da avenida Constantino Nery

Aglomeração de candidatos na porta de um dos locais de prova, ontem pela manhã, praticamente interditou uma das faixas da avenida Constantino Nery (Euzivaldo Queiroz)

O domingo foi de prova para mais de 61 mil pessoas, em todo o Estado, que se inscreveram no concurso da Secretaria Estadual de Educação (Seduc) para cargos dos níveis fundamental, médio e superior, com a oferta de 7.043 vagas.

O percentual médio de faltosos foi de 18,9% (manhã e tarde), segundo dados da Fundação Getulio Vargas, instituição responsável pela realização do concurso, e avaliado pela Seduc como “dentro do esperado”. O número de ausentes foi maior pela manhã - dos que deveriam fazer a prova nesse horário, 19,9% não compareceram (cargos de ensino médio). Os portões fecharam às 8h.

Para a dona de casa Eliene Neris da Silva, o sonho de ingressar na carreira pública foi adiado. Ontem, ela chegou à unidade III da Faculdade Metropolitana de Manaus (Fametro), na avenida Constantino Nery, quatro minutos depois das 15h, horário determinado no edital para o fechamento dos portões das escolas participantes do certame, durante à tarde. Moradora do Zumbi I, Zona Leste, ela tentava uma das vagas oferecidas para o cargo de merendeira. “O ônibus demorou muito a passar e o trânsito também não ajudou. Eu corri para chegar até aqui, mas não deu. É muito triste, estava com muita esperança em passar”, contou.

A estudante Cleiniane Rodrigues da Silva errou o local onde iria fazer a prova e teve que correr para chegar a tempo na outra escola. Já a contadora Márcia Freire de Souza, confundiu os horários. Ela achou que faria o exame à tarde, quando, na verdade, deveria ter feito pela manhã.

Outro que se atrasou foi o promotor de vendas César Macedo, 28, morador do Mutirão e que tentava vaga para merendeiro. “O trânsito estava ruim. Agora, vou ter que esperar pelo próximo concurso”, comentou. Na avenida Constantino Nery, rota obrigatória para quase a totalidade dos ônibus da cidade, registrou congestionamento no trecho do conjunto Tocantins até perto do Olímpico Clube, segundo o agente de trânsito Paulo Souza. Devido ao concurso, parte da avenida, em frente à Fametro, ficou com apenas uma faixa da via liberada para o fluxo de veículos, por conta do “mar” de gente que aguardava, na rua, a abertura dos portões. As escolas em Ma naus com maior número de candidatos foram a Fametro, UniNilton Lins e Unip, cada uma com mais de 2 mil inscritos.

O superintendente municipal de Transportes Urbanos (SMTU), Pedro Carvalho, afirmou que o órgão montou uma programação especial para atender à demanda atípica do domingo por causa do concurso. “Fizemos como ocorre todas as vezes que somos comunicados de eventos desse porte no domingo”, disse.

Carvalho afirmou que, ontem, por ser domingo, não estava com dados sobre eventuais problemas na programação, que poderiam ser consultados a partir de hoje. “Às vezes, o candidato não se programa com antecedência, sai de casa em cima da hora, chega na parada e o ônibus não passa de imediato. Entendo que há problemas no sistema, mas não podemos atribuir tudo ao serviço de transporte público ”, declarou o superintendente.

Gabaritos divulgados nesta terça-feira (02)

A Seduc informou que o gabarito do concurso deve ser divulgado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) amanhã, no site fgvprojetos.fgv.br/concursos/seduc-am.

O secretário estadual de Educação, Rossieli Soares da Silva, disse que a aplicação das provas foi marcada pela tranquilidade. "Fizemos, juntamente com a FGV, um planejamento antecipado que assegurou o sucesso do certame”.

A previsão é que o concurso seja homologado em 27 de dezembro deste ano e os aprovados já sejam chamados a partir de 2015. As remunerações vão de R$ 1.036,27 a R$ 3.133,80, dependendo do cargo e da jornada semanal (20 ou 40 horas).

A presidente da comissão organizadora, Marilene Remigio, informou que para os que pleiteiam vagas na função de merendeiro, além da prova objetiva deste domingo, se submeterão às provas práticas, entre os dias 25 de outubro e 2 de novembro.

A maior concorrência deste concurso foi registrada para a função de assistente técnico (138,4 candidatos por vaga), seguido pela demanda para cargo de assistente social (49,9 candidatos por vaga), contador (49,8 por vaga), fonoaudiólogo (48,6 por vaga), merendeiro (32,2 por vaga), engenheiro mecânico (26,5 por vaga), psicólogo (19,9 por vaga), engenheiro elétrico (19,2 por vaga), e pedagogo 40h (16,9 por vaga).