Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Estudantes de escolas públicas recebem certificado da Fifa após programa educacional no AM

Cerca de 400 alunos receberam nesta quinta-feira (26), o certificado pela participação no projeto ‘Fifa 11 pela saúde’ realizado da rede municipal de Educação

Os estudantes selecionados para participar do programa, disseminando informações sobre saúde nas escolas, receberam os certificados na Arena da Amazônia

Os estudantes selecionados para participar do programa, disseminando informações sobre saúde nas escolas, receberam os certificados na Arena da Amazônia (Luiz Vasconcelos)

Os 400 estudantes da rede municipal de Educação que fizeram parte do programa “Fifa 11 pela saúde” receberam nesta quinta-feira (26) o certificado pela participação no projeto, que tinha como objetivo propor a atividade física e promover hábitos saudáveis entre as crianças e adolescentes nas escolas, a fim de prevenir ou minimizar fatores de risco de doenças.

Para o secretário municipal de saúde, Homero de Miranda Leão, o resultado do programa foi excelente, porque uniu saúde e educação, pois para ter resultado na saúde, é preciso mudar hábitos e isso foi um legado deixado pela Copa do Mundo 2014.

Ao todo, foram selecionadas 11 escolas que, desde o mês de fevereiro, orientaram os estudantes de forma lúdica, por meio de mensagens, exercícios físicos e perguntas sobre o dia a dia deles. Em 11 sessões de 90 minutos, no período de maio a junho, como em uma partida de futebol, os alunos participaram de atividades como “Jogue Futebol”, onde habilidades específicas do esporte foram ensinadas às crianças. Na segunda etapa, batizada de “Jogue Limpo”, o foco foi o repasse de orientações sobre temas como: “Respeite meninas e mulheres”, “Proteja-se contra o HIV e DST”, “Siga uma dieta balanceada” e “Lave suas mãos”.

Segundo o estudante da escola Ana Mota Braga Keliton Souza, 13, foi muito bom participar do programa porque, durante as brincadeiras, eles aprenderam sobre temas que vão levar para vida toda. “Aprendemos que o esporte pode ajudar a melhorar a saúde”, disse o estudante.

Multiplicando

Além das atividades realizadas na escola, os alunos ainda receberam tarefas para serem executadas em suas residências e/ou na comunidade, junto aos familiares e vizinhos, para a multiplicação dos ensinamentos recebidos.

O médico coordenador local do programa, Eduardo Telles Stewien, explicou que os resultados foram muito positivos porque as crianças apresentaram uma maior assiduidade, compreensão e atenção sobre o tema discutidos. “Elas se tornaram crianças mais preocupadas com a saúde delas e dos familiares, pois o conselho de uma criança em casa muitas vezes vale mais do que o do pai ou mãe”, acrescentou o coordenador.