Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

H1N1: A três dias do fim da campanha, ainda falta parte dos grupos prioritários para vacinar

O grupo de risco inclui crianças de seis meses de idade a cinco anos, gestantes, portadores de doenças crônicas não transmissíveis, como hipertensão e diabetes, doenças pulmonares; trabalhadores da área da saúde e indígenas

Crianças de seis meses a quatro anos e 11 meses e 29 dias precisam ser vacinadas para ficarem imunes ao vírus Influenza

Crianças de seis meses a quatro anos e 11 meses e 29 dias precisam ser vacinadas para ficarem imunes ao vírus Influenza (Euzivaldo Queiroz)

Apenas 59,19% da meta de vacinação contra a gripe foi alcançada até esta terça-feira (06) em Manaus, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). O número é considerado baixo pelo secretário de saúde, Homero de Miranda Leão, e a orientação dele é para que as pessoas integrantes dos grupos de risco procurem as unidades de saúde municipal para se vacinar até o próximo dia nove.

O grupo de risco inclui crianças de seis meses de idade a cinco anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, portadores de doenças crônicas não transmissíveis, como hipertensão e diabetes, doenças pulmonares; trabalhadores da área da saúde e indígenas.

No ano passado foram notificados 53 casos de síndrome respiratória aguda grave, desse total três foram causados pelo vírus influenza H1N1. Esse ano em todo o Estado foram confirmados cinco casos da doença, sendo que três deles foram pacientes com gripe comum identificados pelo monitoramento sentinela e apenas um em Manaus que resultou na morte de uma adolescente.

De acordo com o secretário Municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão não há uma previsão do Ministério da Saúde para prorrogação da vacinação, portanto é melhor que as pessoas não deixem para última hora para ir até os postos. O secretário lembra que dez Unidade Básicas (UBS) trabalham com horário ampliado de segunda à sexta-feira, das 7 h às 21 h, e aos sábados de 7 h às 13 h.

Além disso, as pessoas com dificuldade de locomoção, como os idosos e acamados, podem ligar para o número 0800-280-8280 e agendar a vacinação em casa. “Nossa intenção é vacinar o maior número de pessoas e garantir que todos fiquem imunizados”, disse o secretario.

Em 2013 no fim da campanha foram imunizados 75% das pessoas que fazem parte do grupo de risco em Manaus, no Brasil o Ministério da Saúde pretende alcançar 80% de brasileiros imunizados.