Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Investimentos na segurança pública devem continuar no Amazonas após o Mundial

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Almir David, declarou que respira aliviado e se sente honrado por ter participado da Copa na capital amazonense

Veículo chegou ontem ao Comando Geral da Polícia Militar e chamou a atenção dos militares que aproveitaram para fazer o seu ‘selfie’ ao lado do caveirão

Estado conta agora com um caminhão blindado e equipado especialmente para o uso no controle de distúrbios (Euzivaldo Queiroz)

Foram quatro anos de planejamento, treinamento e finalmente a Copa do Mundo chegou e tudo saiu exatamente como foi planejado no quesito segurança pública, segundo secretário executivo adjunto para Grandes Eventos, coronel da Polícia Militar, Dan Câmara. Para ele, o sentimento é de dever cumprido. O comandante geral da Polícia Militar, coronel Almir David, declarou que respira aliviado e se sente honrado por ter participado desse momento tão importante para o Amazonas.

São diversos equipamentos modernos de segurança pública que ficarão como legado do Mundial para o Amazonas e que irão otimizar o trabalho dos policiais. Dentre eles, estão embarcações, kits de armamento não letal, aparelho de raios X portátil, robô antibombas, roupa de proteção antibombas, detector de gases tóxicos e substâncias explosivas.

Também foram entregues caminhões para serem utilizados como Centro Integrado de Comando e Controle Móvel, aeronaves dotadas com câmeras termais e até um caminhão anti-tumulto. Todos estão integrados ao patrimônio da Polícia Militar do Amazonas e irão permitir a ação integrada das forças de segurança pública com o que há de mais moderno na área.

Dan Câmara destacou que o legado da Copa pode ser dividido em dois. O primeiro é o imaterial, que consiste no treinamento dos servidores e cursos de formação e serviços que, segundo ele, foi um grande avanço na qualificação das pessoas que atuam na segurança no Estado.

No legado material, o secretário destacou o Sistema de Comando e Controle (CIC) que é um recurso com novas tecnologias e técnicas, que deixa o Amazonas lincado a outros estados. Por meio dele, é possível discutir segurança com o resto do Brasil, em tempo real, e se bem utilizada vai CAUSAR na população a sensação de segurança.

O comandante da PM destacou que 100% dos policiais militares passaram por treinamento e agora têm uma visão diferente de como fazer polícia, por conta do conhecimento adquirido e recursos que tem disponíveis, por meio de equipamentos e tecnologia de última geração. “A Copa do Mundo para o Amazonas foi como um divisor de águas. Não vamos voltar para o que éramos antes”, disse Almir David.