Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

PCX 150 Modelo 2014: Honda lança motocicleta inovadora

Além do visual contemporâneo que agrada aos olhos, o PCX 150 vem equipado com motor de 153 cm3, quatro tempos e arrefecido a líquido

Sistema pode ser ativado ou desativado por um botão

Sistema pode ser ativado ou desativado por um botão (Divulgação / Honda )

Você para num semáforo de trânsito e após três segundos o motor do seu Scooter desliga.  O sinal fica verde e basta um toque no acelerador para que o vento volte a bater no seu rosto. É assim que funciona o sistema idling stop (ver mais no box), inédito em motocicletas  no Brasil  e que equipa o mais novo modelo lançado pela Honda: o Scooter PCX 150  modelo 2014.

Além do visual contemporâneo que agrada aos olhos, o PCX 150  vem  equipado com motor de 153 cm3, quatro tempos e arrefecido a líquido. É capaz de gerar potência máxima de 13,6 cv a 8.500 rpm, e torque máximo de 1,41 kgf.m a 5.250 rpm. O modelo é alimentado por injeção eletrônica de combustível e a sua transmissão é a automática CVT. Não precisa trocar marcha: é só acelerar.

FRENAGEM SEGURA

Um outro diferencial deste Scooter  é o sistema de freios chamado CBS (Combined Brake System). Composto por disco com 220 mm de diâmetro na dianteira e tambor de 130 mm na traseira, a tecnologia permite que ao acionar o freio traseiro, o dianteiro seja acionado simultaneamente, aumentando a segurança e melhorando a frenagem.

Admirado na Europa, o Scooter chega ao País  com preço sugerido de  R$ 7.990 (valor com base no Estado de São Paulo, não inclui despesas com frete e seguro),  nas cores vermelha metálica e branca perolizada. A garantia é de um ano, sem limite de quilometragem.

Inovação em motos

A Honda apresenta com o PCX, o seu sistema inédito em motos chamado “Idilling Stop System”, que é capaz de desligar o motor do scooter quando ele estiver parado em marcha lenta após três segundos.

Após o desligamento do motor, a luz indicadora de ativação do sistema piscará no painel informando ao piloto que o motor não está funcionando. Neste momento, entra em ação o sistema ACG (Alternating Current Generator – Gerador de Corrente Alternada), que consiste em uma tecnologia que une motor de arranque e gerador de energia em uma mesma unidade. Para religar, basta apenas acionar o acelerador. Nesse instante da fase de compressão, a válvula de exaustão abre ligeiramente, reduzindo a força necessária para comprimir a mistura ar/combustível, permitindo a partida de forma rápida e eficiente.

Assim, ao parar em um semáforo ou com trânsito intenso, após três segundos, o motor desliga. Ao acelerar, automaticamente, ele volta a funcionar. Toda essa tecnologia permite uma grande redução no consumo de combustível e na emissão de poluentes. O sistema pode ser ativado ou desativado, conforme desejo do cliente, através de um botão localizado no punho direito.

O repórter viajou a convite da Moto Honda.