Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Prazo para regularização do título de eleitor encerra nesta quarta (7)

Eleitores e eleitoras do Amazonas lotaram os cartórios eleitorais no penúltimo dia de emissão do título de eleitor para as eleições de 2014  

Eleitores que procuraram o Cartório Eleitoral de Iranduba para emissão do título, recadastramento biométrico e transferência de domicílio reclamaram da demora

Eleitores que procuraram o Cartório Eleitoral de Iranduba para emissão do título, recadastramento biométrico e transferência de domicílio reclamaram da demora (Antônio Menezes)

Nesta quarta-feira (07) encerra o prazo para regularização do título de eleitor. Como muitos deixaram para a última hora à procura desse serviço, os postos de atendimento da Justiça Eleitoral ficaram lotados essa semana em Manaus, Iranduba (a 27 quilômetros da capital) e Manacapuru (a 84 quilômetros da capital).

A equipe de A CRÍTICA esteve ontem no cartório eleitoral de Iranduba, na Praça dos Três Poderes, e verificou aproximadamente 250 pessoas na fila aguardando fichas para serem atendidas. Entre os eleitores estavam idosos, grávidas, deficientes, sendo a maioria de comunidades distante da sede do município.

Um dos motivos do grande número de pessoas era o atendimento de três grupos distintos de eleitores: os que vão tirar a primeira via do título, os que estão fazendo transferência e os que estão se recadastrando biometricamente.

Raimunda da Silva Oliveira é hipertensa e tem 47 anos. A dona de casa relatou que mudou há poucos meses para Iranduba. Disse que morava em Boca do Acre e além de ter que transferir o título teria que se recadastrar. “São três pessoas lá em casa. Meu filho estuda e meu marido trabalha. Agora, me diz como é que a gente faz? Eles aqui dizem que dão 100 fichas por dia, mas isso é agora. Estavam dando só 60 (fichas) por dia”, afirmou.

A chefe do cartório de Iranduba, Nayana Shirado, afirmou que não há capacidade para o atendimento de todas as pessoas porque a estrutura montada para o recadastramento biométrico, que foi prorrogado no município, não existe mais. “Quando do recadastramento, a gente atendia por volta de 500 pessoas por dia e agora a estrutura foi reduzida. Infelizmente, não tem como comportar essa quantidade de atendimento”, disse. “As pessoas que deixaram de comparecer agora estão vindo. Agora são três públicos para atender numa estrutura reduzida”, ressaltou Nayana Shirado.

De acordo com ela, foram recadastradas mais de 20 mil pessoas. Outras sete mil tiveram os títulos cancelados. “Foi muito bom o recadastramento, só que o pessoal não veio. Teve dia que a gente ficou ali aguardando e o pessoal não apareceu. Aí, quando aparece é assim”, afirmou.

Joana Eronildes Correa, 36, que mora na comunidade do Janauari, contesta o fato de ter deixado para a última hora. “Não sabíamos que estava nos últimos dias. Quando chove, nós ficamos ilhados e é difícil vir para cá (sede). Não teve divulgação a tempo. Ninguém passou por lá. Ficamos sabendo essa semana do prazo, quando na rádio ouvimos que dia 7 seria o último dia”, afirmou a eleitora.

Mais de oito mil atendimentos

Em dois dias, a Justiça Eleitoral do Amazonas atendeu mais de oito mil pessoas que deixaram para fazer na última hora o cadastro eleitoral e pedir a transferência do título eleitoral. O prazo limite dos dois serviços, para quem quer votar na eleição 2014, termina hoje. Para quem ainda vai tentar se adequar para participar do pleito, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) disponibilizou hoje, último dia do prazo - postos de atendimento espalhados em cinco pontos da cidade (veja boxe ao lado), que funcionarão de 7h até as 19h.

Vale lembrar que, quem não tem qualquer problema para regularizar com a Justiça Eleitoral, e só quer tirar outra via do título de eleitor não precisa enfrentar as filas hoje. Essa questão ainda poderá ser regularizada nos postos de atendimentos até outubro.

Além de ser o último dia para tirar pela primeira vez o título ou pedir transferência do domicílio eleitoral (mudar de cidade onde se vota), o Calendário Eleitoral de 2014 determina que hoje também é o último dia para solicitar à Justiça Eleitoral a troca de local de votação dentro da mesma cidade (trocar de bairro ou escola).

Termina hoje, ainda, o prazo para os eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida solicitar a transferência para uma seção eleitoral especial e adequada às suas necessidades.

O TRE-AM foi consultado, ontem, sobre os dados parciais de atendimentos em Manaus e no interior, assim como o número de eleitores que fizeram o cadastro biométrico nos últimos dias em Manacapuru e Itacoatiara e informou que, como o sistema está atrelado ao servidor do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), só será possível disponibilizar os dados hoje no fechamento do cadastro de eleitores.