Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

‘Procon também no interior do Estado’, afirma nova diretora do órgão em entrevista

Nova diretora do Procon-AM, a advogada Janaína Sales, informou que convênio com a União permitirá municipalização dos serviços do órgão. Para tanto, 18 cidades do interior serão convidadas a participar do processo

A advogada Janaína Sales, que foi funcionária há dez anos da Secretaria de Justiça (Sejus), assumiu a missão de administrar o Procon-AM

A advogada Janaína Sales, que foi funcionária há dez anos da Secretaria de Justiça (Sejus), assumiu a missão de administrar o Procon-AM (EVANDRO SEIXAS)

Com a proposta de tornar o Programa Estadual de Defesa do Consumidor (Procon-AM) cada vez mais popular e com um atendimento humanizado, a advogada Janaína Sales, funcionária há dez anos da Secretaria de Justiça (Sejus), assumiu a missão de administrar o órgão, que em 2013 realizou 38.713 atendimentos. “Além de aproximar o Procon da população, queremos mostrar aos empresários que podemos ser um instrumento de aproximação entre eles e os clientes, afinal, consumidor satisfeito fideliza e isso é bom para todos”, avalia Janaína, que tornou-se diretora-presidente da instituição há trinta dias.

Com vários projetos a serem implementados ainda este ano, inclusive com alguns voltados à Copa do Mundo, a diretora analisa que o Procon tem problemas, mas possui uma equipe que está, segundo ela, conseguindo atender a demanda (que é de aproximadamente 120 atendimentos diários) e dar respostas em tempo razoável. A seguir a entrevista.

Todo esse número de atendimentos (38.713) tornou-se processos?

Desse total, 6.320 formalizaram processo e resultaram em agendamento de audiências. Quando a reclamada não propõe acordo ou propõe, mas não é aceito pelo reclamante, o processo é encaminhado ao 2º juizado especial.

Quais os setores mais receberam reclamações?

Em primeiro lugar estão os serviços essenciais (água, esgoto, energia elétrica, telefonia); depois Produtos em geral (eletroeletrônicos, planos de saúde, etc) e depois bancos e financeiras.

Qual o balanço da campanha realizada no começo do ano para conscientizar os pais sobre a lista de material escolar?

No começo deste ano divulgamos os valores dos itens pesquisados pelo setor de fiscalização. Alguns pais nos procuraram em relação a cobrança de material abusivo. No total foram 67 reclamações contra as escolas. Os processos estão em tramitação para apuração. Nenhuma escola foi multada, pois estamos em análise de documentos, mas se for detectada alguma irregularidade as providências devidas serão tomadas, podendo a escola devolver o material que foi solicitado irregularmente.

Existe algum projeto em relação a Copa?

O plano de Contingenciamento que é voltado à orientação e a defesa dos consumidores turistas, durante a realização da Copa. O projeto terá início 15 dias antes do torneio e ficará até 15 dias depois do término. Serão cerca de 60 pessoas envolvidas. As equipes ficarão no aeroporto, porto, além do fan fest e na arena nos dias de jogos....

Pode adiantar os projetos que serão implementados este ano?

No final de dezembro assinamos um convênio de R$ 480 mil com a União para fazer a municipalização, do Procon em 18 municípios, que ainda serão convidados. Vamos estruturar os espaços, assim como preparar os servidores qualificando-os, integrar o município ao sistema integrado nacional de defesa do consumidor. Temos 24 meses para fazer a municipalização. Outro projeto é o Atendimento Itinerante do Procon, que será realizado num ônibus, na região metropolitana de Manaus, quando serão realizados cinco atendimentos simultaneamente.