Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Jovem evangélico é preso após quebrar 10 imagens de santos em igreja de Minas Gerais

Segundo a polícia, o rapaz disse que destruiu os 10 santos por não concordar com a idolatria às imagens e por não ser condizente ao seu credo

Segundo o padre da igreja, a maioria das imagens destruídas tinha mais de 100 anos

Segundo o padre da igreja, a maioria das imagens destruídas tinha mais de 100 anos (Divulgação)

A atitude de um jovem assustou e revoltou moradores da cidade Sacramento-MG, de cerca de 28 mil habitantes, na Região do Alto Paranaíba, na tarde de quarta-feira (16).

De acordo com a Polícia Militar da região, Misael Rodrigues Félix, de 20 anos, invadiu a igreja Matriz da Paróquia do Santíssimo Sacramento e destruiu várias imagens que ficavam expostas no santuário.

No momento da ação, o local estava vazio e nenhuma pessoa ficou ferida. O que chama a atenção da Polícia Civil é que o rapaz teria fugido de uma clínica psiquiátrica e afirmado que resolveu quebrar as peças por ser evangélico.

Segundo a polícia, o rapaz invadiu a igreja e quebrou com as próprias mãos, com ajuda de um objeto, a imagem da padroeira da cidade Nossa Senhora Aparecida, tombada pelo Patrimônio Histórico Municipal.

A equipe designada para atender a ocorrência, se deparou com o suspeito, natural do Rio de Janeiro (RJ), dando murros na imagem de Nossa Senhora Aparecida, que já estava destruída. Os policiais deram voz de prisão ao rapaz.

Uma denúncia de que outra pessoa teria ajudado na destruição dos objetos chegou ao conhecimento da Polícia Militar, no entanto, o suposto cúmplice do jovem está foragido.

Misael disse que destruiu os 10 santos por não concordar com a idolatria às imagens e por “não ser condizente ao seu credo”. Ele disse que estava de passagem pela cidade, com destino à Uberlândia (MG), onde estaria residindo. Na Delegacia de Polícia, ele foi autuado em flagrante por dano qualificado.

O padre Sérgio Márcio de Oliveira disse que o envolvido também quebrou cadeiras do presbitério e do altar, além de vidraças. “A maioria das imagens destruídas tinha mais de 100 anos”, afirmou. Ele explicou que a imagem de Nossa Senhora Aparecida é do ano de 1857, única no mundo feita em madeira e seria coroada pelo Papa Francisco. Após o choque, a igreja será reaberta só no domingo.

*Com informações do site gcn.net