Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Senador Eduardo Braga e prefeito Artur Neto se aproximam

O prefeito de Manaus e o líder do Governo no Senado se encontraram três vezes, na capital federal, durante esta semana. Foi Eduardo Braga, quem pediu a reunião ministerial, com a presença de Artur Neto

O senador Eduardo Braga e o prefeito Artur Neto durante reunião com o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante

O senador Eduardo Braga e o prefeito Artur Neto durante reunião com o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante (Paulo H. Carvalho/Casa Civil )

O senador Eduardo Braga (PMDB-AM), pré-candidato ao Governo do Amazonas nas eleições de outubro deste ano, e o prefeito de Manaus, Artur Neto (PSDB), voltaram a se reunir nesta quinta-feira (10) na capital federal. Foi o terceiro encontro em uma semana. Braga esteve no lançamento do livro sobre o perfil parlamentar do pai do prefeito (Arthur Virgílio Filho) na terça-feira; almoçaram juntos na quarta-feira e ontem participaram de audiência com o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, no Palácio do Planalto.

Foi Eduardo Braga, líder do Governo no Senado, quem pediu a reunião ministerial, com a presença de Artur Neto, para encaminhar as demandas da Prefeitura de Manaus: recursos na ordem de R$ 360 milhões para mobilidade urbana, obras de infraestrutura e recuperação de monumentos históricos na capital.

Afora o fator institucional, o que está causando confusão, reflexões e muitos boatos por parte dos observadores da política e do cenário pré-eleitoral é a reaproximação intensa entre Braga e Arthur. Até bem pouco tempo, os dois travaram uma ferrenha disputa política, eleitoral e até pessoal, sendo tratados como arqui-inimigos.

Questionado sobre esses encontros em Brasília, o senador e pré-candidato a governador disse: “Minha relação com o Arthur (Neto) está resolvida. Nós já nos encontramos várias vezes, viajamos juntos, almoçamos e jantamos em diversas ocasiões. Apesar de divergimos politicamente, estamos unidos pelo bem de Manaus e isso é o mais importante”.

O prefeito tucano não fala de eleições, de oposição nem situação. Tem se esquivado de dar entrevistas a grandes emissoras de TV e jornais nacionais porque não quer se posicionar, pelo menos por enquanto, sobre o candidato que vai apoiar no Amazonas. Claramente, Arthur Virgílio Neto tem estado ao lado do ex-governador e pré-candidato ao Senado, Omar Aziz (PSD) a quem deverá apoiar nas eleições. A incógnita surge sobre o nome ao Governo. Já se sabe que não irá ao palanque do vice, Hyssa Abraahão (PPS), o primeiro a ser defenestrado do grupo político que levou o PSDB à Prefeitura de Manaus. Resta saber, então, qual o papel de Arthur Neto nessa aproximação estreita com o senador peemedebista? A hipótese mais provável é a de que o prefeito seja a ponte de união entre Braga e Omar nas eleições de 2014. É esperar para ver até 30 de junho.