Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Vereadores da CMM vão folgar em dias de jogos da Copa

Segundo entendimento do presidente da Câmara, vereador Bosco Saraiva, não adiantará ir ao parlamento porque ‘em dias de jogos do Brasil o País para’

Plenário da CMM

Câmara Municipal de Manaus vai realizar sessões compensatórias para cobrir dias em que o parlamento vai parar por causa de jogos da Copa do Mundo de Futebol (Luiz Vasconcelos/Arquivo A Crítica)

A Câmara Municipal de Manaus (CMM) vai alterar seu calendário de atividades do mês de junho em virtude dos dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo. Segundo o presidente da CMM, vereador Bosco Saraiva (PSDB), serão realizadas três sessões ordinárias compensatórias, pois “em dias de jogos do Brasil o País para”.

Desta forma, os vereadores vão trabalhar no próximo dia 29 de maio (quinta-feira) para compensar o dia 17 de junho e nos dias 5 e 6 de junho (quinta e sexta-feira) para compensar os dias 23 (segunda-feira) e 24 de junho (terça-feira). Esta última data ficará imprensada em decorrência do jogo do Brasil (23) e do jogo na Arena da Amazônia (25) entre Honduras e Suíça, que será ponto facultativo. No dia 17, o Brasil enfrenta o México. No dia 23, jogam Camarões e Brasil e no dia 25, Manaus sediará a partida entre Honduras e Suíça.

“A gente sabe que os jogos da Seleção Brasileira são uma incógnita, mas muito provavelmente o vereador vai sair de casa e a rua vai estar fechada, porque o povo para, já há um sentimento de festa. A Copa é no Brasil, é melhor prevenir do que remediar. Eu acho que neste caso teve muita razão os vereadores que sugeriram a compensação”, avaliou Bosco.

O presidente da Comissão de Esportes (Comesp), vereador Ednailson Rozenha (PSDB), defende que em dias de jogos do Brasil há uma dispersão. “Existe um costume do brasileiro de decretar feriado branco nos jogos do Brasil, e não adianta a gente querer produzir nesses dias de jogos da seleção, que não vai dar”, afirmou.

Rozenha, que é vice-líder do prefeito na CMM, disse ainda que mesmo com os jogos, é necessário ponderar “para não haver prejuízos para a cidade de Manaus”. “A gente vai buscar nessas sessões ordinárias compensatórias dar andamento às pautas pré-estabelecidas para que não aja nenhum tipo de transtorno. O fato é que: o Brasil jogou, o Brasil parou. E nós temos que aceitar isso”, expôs o parlamentar.

O vereador Everaldo Farias (PV) concordou com a mudança no calendário do recesso e para ele não existirá prejuízo na votação dos trabalhos do plenário. “Acho que essa adequação do Poder Público aos jogos da Copa do Mundo tem sido praxe em cidades sedes do evento. A cultura do futebol em nosso País é muito forte e não temos como ignorar. Toda a cidade, assim como o mundo, ficarão voltados aos jogos”, disse.

O vereador Elias Emanuel (PSB) chegou a sugerir que os vereadores trabalhassem normalmente no dias dos jogos do Brasil, para que não existisse suspeita de “recesso branco ou de carnaval na Copa para o parlamento municipal”.

Os vereadores Marcel Alexandre (PSDB) e professora Jacqueline (PPS) se disseram preocupados com o risco de manifestações durante os jogos, e assim como os demais parlamentares, defenderam a realização das sessões ordinárias compensatórias.

Ponto facultativo em Manaus

A Prefeitura de Manaus optou por decretar ponto facultativo nos dias 18 e 25 de junho, data de dois jogos em Manaus. Os outros dois jogos, 14 e 22 de junho, ocorrerão em finais de semana.

Com a decisão da Prefeitura, a Câmara Municipal de Manaus (CMM) também não terá atividades nos nos dias 18 e 25.

O Governo do Estado, segundo a Agência de Comunicação do Governo (Agecom), ainda não definiu quais dias de jogos da Copa do Mundo serão pontos facultativos.

A Lei Geral da Copa autoriza que os governos Federal, Estadual e Municipal decretem feriado ou ponto facultativo em qualquer dia de jogo realizado no Brasil.

Caso seja decretado ponto facultativo, as empresas privadas ainda podem obrigar o funcionário a trabalhar normalmente. Só servirá a dispensa para todos quando for anunciado um feriado propriamente dito.

Bosco promete votar LDO

O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Bosco Saraiva (PSDB), declarou, ontem, que as emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) deverão ser votadas pelo plenário amanhã.

No total, os vereadores apresentaram 149 emendas à LDO. De acordo com o presidente da CMM, a lei deve ir para apreciação do Plenário da Casa, já com as Emendas, e depois retorna para as Comissões de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) e Finanças, Economia e Orçamento (CFEO) para avaliação de todas as sugestões inseridas no projeto do Executivo Municipal.

“Nós temos até o dia 16 de junho para votar. Porém, ela já está bastante avançada. O problema agora é só o vereador Walfran Torres (relator da LDO) dar conta de nos trazer ao plenário ainda nesta quarta-feira ou na quinta-feira. Eu estou pedindo a eles (vereadores) que nós possamos apreciar na quarta-feira, ou seja, ela não fica nem para junho, vai ser aprovada ainda no mês de maio”, anunciou Bosco.

A reportagem tentou contato com o vereador Walfran Torres (PTC), pelo telefone 91xx-xx36, mas as chamadas não foram atendidas.

Assembleia aguardará decisão do Governo

A diretoria-geral da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM) informou, nesta segunda-feira (26), que até o momento, não há decisão da presidência para suspender os trabalhos da Casa em função dos jogos da Copa do Mundo de Futebol da Fifa.

Em nota, a ALE-AM informou que “o Legislativo vai continuar funcionando normalmente em todos os setores e, em dias de jogos da Seleção Brasileira, vai obedecer o que for decretado pelo Governo Estadual, em termos de ponto facultativo”.

A assessoria de comunicação da Casa Legislativa lembrou ainda que “nenhum dos jogos (realizados em Manaus) acontecerá em horário de expediente da ALEAM”. O primeiro jogo em Manaus será no dia 14 de junho (sábado) entre Itália e Inglaterra, às 19h. No dia 18 (quarta-feira) será a vez de Croácia e Camarões se enfrentarem, no mesmo horário. Estados Unidos e Portugal irão jogar no dia 22 de junho (domingo). O último jogo a ser sediado em Manaus será no dia 25 (quarta-feira), às 17h.

Fora do expediente, a ALE-AM informou que vai oferecer vagas no seu estacionamento para torcedores idosos e para portadores de necessidades especiais. No total, são 750 vagas de estacionamento.

Segundo a Unidade Gestora da Copa (UGP-Copa), o portador de ingresso especial, um cadeirante, por exemplo, será encaminhado com seu veículo especial para o estacionamento da Assembleia devidamente sinalizado, onde deixará seu veículo e terá um veículo especial para fazer o traslado para a Arena Amazônia.

A Assembleia Legislativa também vai disponibilizar espaços nos seus auditórios para a preparação de voluntários que trabalharão durante a Copa.