Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Grupo rouba e mata morador do Jardim Europa, em Manaus

Homem foi morto à tiros no quarto de sua própria residência. Crime ocorreu em um condomínio de classse média alta, próximo ao Complexo Turístico Ponta Negra

O local onde ocorreu o crime é um conjunto de residências onde os moradores são de classe média-alta e alta e é todo monitorado por câmeras de segurança

O local onde ocorreu o crime é um conjunto de residências onde os moradores são de classe média-alta e alta e é todo monitorado por câmeras de segurança (Divulgação)

O empresário Jailson Teixeira Marciel, de 45 anos, foi morto na noite desta quarta-feira (16) em sua própria casa, na Alameda Rússia do condomínio Jardim Europa, localizada na estrada da Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus. O homem teve sua casa invadida por pelo menos três criminosos, que conseguiram fugir levando pertences da residência.

O local onde ocorreu o crime é um conjunto de residências onde os moradores são de classe média-alta e alta e é todo monitorado por câmeras de segurança. Segundo informações dos seguranças da guarita do condomínio, três homens em um veículo Volkswagen Gol, de cor e placas não identificadas, adentraram o local.

Não se sabe ao certo quem autorizou a entrada dos criminosos, porém acredita-se que foi a própria mulher da vítima, que estava de saída com a filha do casal quando encontraram na portaria do residencial o grupo de homens no veículo. Ela teria liberado o acesso antes de seguir para a academia, versão não confirmada pela assessoria de imprensa da Polícia Civil.


Ainda de acordo com a assessoria de imprensa da corporação, os criminosos invadiram a casa da vítima, amarraram o filho - que é menor de idade - e o prenderam em um dos banheiros da residência. Em seguida, levaram Jailson para o quarto. Segundos depois, o homem foi executado com vários tiros.

Informações iniciais indicavam que a vítima tinha morrido por facadas. Porém, segundo a assessoria, os peritos criminais confirmaram pelo menos quatro perfurações de balas. Os invasores sairam do local levando vários objetos da casa.

Policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) trabalham com a possibilidade de latrocínio (roubo seguido de morte). As câmeras de vigilância do condomínio serão avaliadas para tentar identificar os criminosos.

O corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) pra ser periciado. O caso foi resgistrado no 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP).