Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Espetáculo natalino 'Glorioso' promete ainda mais emoção e beleza em 2013

Em coletiva à imprensa realizada nesta terça-feira (10) a Secretaria de Estado de Cultura (SEC) informou qual serão as diferenças em relação ao ano passado do espetáculo "Glorioso - O Desejo de Natal 2013". Nesta edição, mais de 4 mil artistas estão envolvidos para levar o que há de melhor no entretenimento

O espetáculo, uma realização da Secretaria de Estado de Cultura, com a produção executiva da empresa norte-americana Hardrive Productions

O espetáculo, uma realização da Secretaria de Estado de Cultura, com a produção executiva da empresa norte-americana Hardrive Productions (Divulgação)

O concerto de Natal 2013 “Glorioso – O Desejo de Natal” terá 4.672 artistas amazonenses em cena, e promete surpreender o público aguardado de mais de 100 mil pessoas, no Largo São Sebastião, Centro de Manaus, no dia 25 de dezembro, às 19h. O “Glorioso 2013” terá transmissão aberta para televisão e internet.

A Secretaria de Estado de Cultura (SEC) estima que 22.904 empregos sejam gerados no dia do evento (sendo 5.726 diretos e 17.178 indiretos). Um investimento de R$ 5,9 milhões, sendo R$ 3,9 mi do Governo estadual e R$ 2 mi da iniciativa privada.

Somente na parte musical, por exemplo, 1.176 músicos e cantores vão interpretar de hip hop a pout pourri de Aves Marias, de clássicos de Natal (gospel) à música brasileira.

Apresentado nesta terça-feira (10) numa coletiva, o “Glorioso 2013”, apesar de contar a história do nascimento de Cristo, foi elaborado de maneira bem diferente do ano passado.

Enredo

Dividido em três atos, o enredo gira em torno de Bonates, o apaixonado guardião do Teatro Amazonas, que reúne um grupo de cinco jovens para mostrar o verdadeiro significado do Natal. O nome do guardião é uma homenagem a uma personagem real: um funcionário do Teatro Amazonas, Jorge Bonates, já falecido.

Nesse contexto, os jovens – Thiago, Mariana, Juliana, Diego e Ceci – são, na verdade, estudantes contemporâneos que estão visitando o Teatro, na época natalina, mas todos com um sentimento muito comercial do que seja a data do nascimento de Jesus Cristo.

De acordo com o titular da SEC, Robério Braga, o “Glorioso 2013” é um espetáculo completo e fundamental para os festejos de Natal no Estado. “Estamos trabalhando para uma nova marca na indústria do entretenimento no Brasil, que valoriza a cultura local, mas fomenta a economia, além de destacar os artistas da terra”, declarou.

Mão de obra local

Alunos do Liceu de artes e Ofícios Claudio Santoro,  do Projeto Jovem Cidadão e profissionais artísticos da SEC, como: Amazonas Filarmônica, Experimental, Violões, Amazonas Band, Câmara, mais Coral do Amazonas, Corais inclusivos tanto do Liceu quanto do Projeto Jovem Cidadão; Corpo de Dança e Balé Folclórico participam do “Glorioso 2013”. Além de todos os profissionais da Central Técnica de Produção, que incluem maquiadores, serralheiros e camareiros.

Expertise internacional

Na produção executiva do espetáculo e com a experiência de quem já tem no currículo eventos para o Grupo Disney, Universal Studios, NFL/Superbowl e NBA, o produtor-executivo da Hardrive Production, Ron Rodriguez, se diz ‘impressionado’ com o talento e profissionalismo dos artistas amazonenses.

“É formidável trabalhar com mais de quatro mil artistas comprometidos com o bom resultado do espetáculo em todo o processo. Só posso dizer que esse é um show por amor às pessoas do Amazonas”, declarou.

Infraestrutura

Com a expectativa de superar a plateia in loco de 107 mil pessoas registradas em 2012, fora os espectadores de TV e web, estarão disponíveis 30 mil cadeiras, 10 mil lugares de arquibancada e 11.250 m2 de área livre com 20 telões para outra parte do publico acompanhar em pé.

O espetáculo será apresentado no entorno do Teatro Amazonas dividido em quatro palcos: um na rua José Clemente, outro em frente ao Teatro, outro na rua 10 de Julho e o último na Avenida Eduardo Ribeiro.

O evento também já está em ritmo de ensaio há mais de dois meses. A plateia do Teatro foi transformada num grande palco para abrigar as Orquestras Amazonas Filarmônica e Experimental da Amazonas Filarmônica, além dos 104 cantores do Coral do Amazonas e do Madrigal da Casa Ivete Ibiapina.

Este ano, teremos mais uma vez as projeções de vídeo mapping na fachada do Teatro Amazonas, assim como o show de abertura com a Amazonas Band e a Banda das Estrelas do Amazonas composta por cantores renomados do Estado e uma aluna do curso de canto do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro da Unidade de Parintins.