Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Ensaio temático transformou Curral Zeca Xibelão em grande palco indígena

Para reverenciar o maior pajé do festival, Waldir Santana, a Coordenação de Eventos do Caprichoso, a FAB e Raça Azul se empenharam na ornamentação do Curral Zeca Xibelão, de acordo com o tema defendido em 2014, “Amazônia Táwapayêra”

O show envolveu as tribos coreografas da Troup Caprichoso e Corpo de Dança Caprichoso (CDC)

O show envolveu as tribos coreografas da Troup Caprichoso e Corpo de Dança Caprichoso (CDC) (Divulgação)

O Curral Zeca Xibelão, em Parintins, se transformou na noite de sábado (7) em aldeia para o pajé fazer o grande ritual de passagem de uma criança. No ensaio temático denominado “Noite Tribal”, os tambores da Marujada de Guerra anunciaram a chegada do xamã do Boi Caprichoso, Waldir Santana, conduzido por guerreiros das nações indígenas da Amazônia.

Há 28 anos no item, o pajé pela primeira vez foi homenageado e mostrou toda performance no palco ao reger a celebração tribal. Crianças, senhoras do Departamento de Cênica Caprichoso (DCC) e itens individuais femininos substitutos compuseram as dramatizações do ritual feito pelo pajé. O show envolveu as tribos coreografas da Troup Caprichoso e Corpo de Dança Caprichoso (CDC).


De acordo com Waldir Santana, o Caprichoso vive outra fase de organização a partir da diretoria de Joilto Azêdo e Rossy Amoêdo. Tivemos uma festa maravilhosa de aniversário do boi, gravação de CD/DVD ótima e um lançamento como ninguém fez. Não estamos preparados. Todo dia é dia de preparação. Torcedores se deleitaram em um manto de magia e mistério. Foi um momento de exaltação a Táwapayêra, com pajelança. Apresentamos um pedaço que vamos levar ao Bumbódromo”, destacou o pajé.

O coordenador de eventos do Caprichoso, Leal Barbosa, ressaltou que no quarto sábado de ensaio temático houve preparação do cenário do Curral Zeca Xibelão, com apoio de equipes do DCC, FAB e Raça Azul. “Todo mundo deu sua contribuição para organização desse espetáculo que caiu no gosto da galera. O show é trabalhado com muito carinho para a nação azul e branca, focado no tema do boi deste ano, Amazônia Táwapayêra, onde o pajé surpreendeu o público”, concluiu.