Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Após atraso, arraial do CSU terá início na sexta, dia 8 de agosto

A 34° edição do Festival Folclórico do Parque 10 segue até o fim do mês de agosto no Centro Social Urbano localizado na Zona Centro-Sul de Manaus, com brinquedos, comidas típicas e apresentações folclóricas

foto legenda

Como em muitos festivais da capital, o tradicional Arraial do CSU teve atrasos por causa da Copa (Jornal A Crítica)

O 34º Festival Folclórico do Parque 10, também conhecido como o tradicional "arraial do CSU", será realizado entre os dias 8 e 31 de agosto, no Centro Social Urbano (CSU), do bairro Parque 10 de Novembro, na Zona Centro-Sul de Manaus. A decisão foi tomada na noite desta quinta-feira (24), durante reunião realizada entre a secretária municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh), Goreth Garcia Ribeiro, e representantes da Associação Comunitária dos Moradores do Conjunto Castelo Branco 2.

Goreth Garcia informou que o festival será realizado com apoio de todas as secretarias da Prefeitura de Manaus e também da comunidade. “O festival será realizado com a participação ativa da comunidade e com Prefeitura administrando o evento de forma democrática e transparente”. Segundo a secretária, essa é uma grande oportunidade para que seja colocado em prática o Regimento Interno do CSU, de forma a dar clareza e legitimidade às relações com os barraqueiros e com a comunidade.

“Vamos deixar claro que os recursos arrecadados deverão ser revertidos para a comunidade, para o próprio CSU e para as instituições da rede acolhedora e de fortalecimento de direitos”, afirmou a secretária. Goreth Garcia ressaltou, ainda, que o festival será mais uma oportunidade para estimular a consciência socioambiental na populaçao de Manaus. "Vamos continuar trabalhando o respeito a crianças e adolescentes, o combate ao trabalho infantil e o respeito ao meio ambiente, estimulando  consciência Cidadã responsável”, completou.

Atraso

Eliseu Bacelar, morador do Bairro e um dos representantes da associação de moradores, esclareceu que houve um atraso na realização do festival, principalmente em função da realização da Copa do Mundo. “Mas isso houve em todos os festivais da nossa cidade. O objetivo desta reunião foi agregar a Prefeitura e a Comunidade, e tenho certeza que teremos um grande festival em agosto”.

Como em todas as edições, haverá uma infinidade de barracas com comidas típicas, brinquedos e diversas apresentações de grupos locais.