Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Banda amazonense Alaídenegão realiza show gratuito em Manaus

A apresentação ocorre nesta sexta (28), no Assinpa, e vem no embalo das apresentações que o grupo fez recentemente na capital paulista

A banda Alaídenegão é a convidada desta quinta no projeto "reggae n' roll"

No repertório do grupo, músicas que irão compor o novo CD, que será lançado ainda neste ano pela carioca Deckdisc (Divulgação)

Nesta sexta-feira (28), a banda amazonense Alaídenegão fará uma apresentação especial no clube da Associação dos Servidores do INPA (Assinpa, rua da Lua, s/n, conjunto Morada do Sol, Aleixo). O espetáculo, intitulado “Entrando na Programação”, vem na esteira dos vários shows que a banda realizou em São Paulo e oferecerá uma versão estendida dessas participações. 

“A maior parte do repertório consistirá de canções autorais, focando nas composições do disco novo”, comentou Agenor Vasconcelos, baixista e vocalista da banda. O CD, que se chama "Senoide Sensual", foi produzido por Rafael Ramos e será lançado pelo selo carioca Deckdisc, previsto para o meio do ano. 

Contando com o apoio da empresa local Caboquês Ilustrado no figurino e com a direção artística de Adroaldo Pereira, a banda ainda apresentará canções de Marcelo Nakamura, Eliakin Rufino e Alípio Martins, além de fazer brincadeiras envolvendo músicas contemporâneas.

Além disso, a banda Selva Madre, de música instrumental, fará um pré-show no local.

O espetáculo, produzido pela Cauxi Produtora Cultural em parceria com a ManausCult (por meio do edital "Som da Cidade"),  será gratuito e terá entradas limitadas. Os ingressos estarão disponíveis 30 minutos antes do evento na portaria da Assinpa.

Editais de cultura

Assim como a Alaídenegão, os grupos e artistas individuais selecionados nos Editais de Cultura/2013 da Prefeitura de Manaus deverão apresentar a contrapartida de seus projetos até junho de 2014.

Segundo a Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (ManausCult), dos 77 projetos aprovados pelos editais "Som da Cidade", "Ar Cênico" e "Dança na Cidade", quase a metade já apresentou contrapartidas desde outubro de 2013.

O prazo foi estendido, tendo em vista a necessidade de adequações dos agendamentos dos espetáculos junto ao calendário cultural de 2014 do município.

“Nossa maior preocupação foi construir com os artistas editais que pudessem atender o máximo de propostas possível, dando oportunidade aos interessados em mostrar suas obras”, explicou o diretor-presidente do órgão, Bernardo Monteiro de Paula.