Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Corte joãozinho: sempre na moda

O corte é o novo hit das famosas

O novo look de Emma Watson. A atriz postou a foto em seu Facebook

O novo look de Emma Watson. A atriz postou a foto em seu Facebook (Foto: Reprodução)

O cabelo estilo joãozinho ganhou popularidade internacional na década de 60, ao ser adotado pela atriz Mia Farrow. Recentemente, o corte voltou a ser hit ao fazer a cabeça de famosas ao redor do mundo. Entre elas, Mia Wasikowska - a Alice do filme "Alice no País das Maravilhas", de Tim Burton - e, há algumas poucas semanas, Emma Watson, a menina Hermione da série "Harry Potter". Ambas tinham longas madeixas e surpreenderam o público pela ousadia sem aviso prévio.

Para especialistas, o corte é atemporal e, normalmente, reflete a personalidade da mulher. "Ele volta com mais força em alguns períodos, como agora", diz o cabeleireiro Enzo Junior, do Theo Carías.
Se celebridades internacionais causaram frisson optando pelo clássico, por aqui é a atriz Guilhermina Guinle, com sua releitura moderna do joãozinho, o alvo mais frequente de inspiração nos salões de beleza.

A atriz, no ar em "Ti-ti-ti" como a descolada Luiza, já estava habituada à nuca descoberta há alguns anos. Mas foi pelas mãos do cabeleireiro Wanderlei Nunes, do Studio W, que Guilhermina tornou-se dona de um dos looks mais comentados entre os telespectadores da novela.

O curtinho da atriz - na cor classificada como "louro cinza escuro", com mechas largas e douradas - apareceu em quinto lugar como o mais pedido no Top 10 da Central de Atendimento da Globo no mês passado. Wanderlei Nunes conta que o cabelo de Guilhermina, raspado por baixo, é "meio anos 1980", inspirado no new wave. "Possui bastante mobilidade e vai do clássico ao ousado, depende de como é arrumado. Posso fazer uma franja rockabilly ou Twiggy que fica ótimo", garante.

Cadê a coragem? - As brasileiras aprovam esse tipo de corte quando veem uma personalidade adotá-lo, mas falta-lhes coragem para fazer o mesmo, revelam os especialistas. "É que, para elas, a sensualidade e a feminilidade ainda estão muito ligadas ao comprimento de cabelo. Mas, geralmente, quem corta uma vez, acaba mantendo o tamanho", analisa Enzo Junior.

Para o cabeleireiro Guto Ferraz, da equipe C.Kamura, as brasileiras estão começando a gostar dos mais curtos. Mas ainda estão longe de adotar o curtíssimo joãozinho. "Aos poucos, os cabelos por aqui estão encurtando. As mulheres estão começando a se acostumar com os fios na altura dos ombros", afirma Ferraz.

Uma pena, opinam os especialistas. Segundo eles, o corte joãozinho é a cara do Brasil: fresco, prático e versátil. Além disso, é tão feminino quanto o longo. "Basta mudar a forma de pentear para se obter um look exótico ou mesmo clássico", sugere o cabeleireiro do C.Kamura.

Quem pode? - Todas as mulheres podem adotar o curtíssimo, afirmam os especialistas ouvidos pela reportagem. Enzo Junior explica que o joãozinho cai bem em todos os tipos de rosto e cabelo, mas as características de cada pessoa vão pedir estilos diferentes. "Por exemplo, para aquelas que têm uma testa grande, faço uma franja. Já nos rostos redondos, deixo o cabelo mais cheio embaixo", esclarece.

TÚNEL DO TEMPO

O corte tornou-se icônico na década de 60. Desde então, faz a cabeça das celebridades. Prova de que nunca saiu de moda.

- Twiggy - A top Lesley Hornby, conhecida como Twiggy, que quebrou paradigmas na década de 1960, não precisou de cachos para manter o visual angelical. Ela também foi responsável por popularizar o joãozinho. A franja era sua característica no look.

- Mia Farrow - Foi a atriz quem tornou icônico o corte adotado por tantas outras personalidades, quando filmava "O Bebê de Rosemary" (1968). Mia usava o joãozinho tradicional, bem curto em todos os ângulos. Louro ou vermelho, era sinônimo de elegância.

- Angelina Jolie - Até ela, símbolo de sensualidade, testou o curtíssimo. Foi em 1995, período em que filmou "Hackers".
Nela, o corte só realçou os traços exuberantes. Mas o estilo não durou muito tempo e, logo, Angelina voltou às longas madeixas.

- Mariana Ximenes - A atriz já havia aparecido com os fios curtíssimos em 2005, quando atuou na novela "América" (Globo). Mas foi em 2008, loura novamente, em "A Favorita", que os cabelos no estilo joãozinho, com franja e mais feminino, fizeram muito sucesso.

- Carey Mulligan - A inglesa que concorreu ao prêmio de melhor atriz no Oscar deste ano por sua atuação no filme "Educação" (2009) estava com o curtíssimo até meados deste ano. Hoje, ainda que o mantenha curto, já não está mais tão joãozinho.