Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Biquíni em formato de coração promete bumbum 'empinado'

Com modelagem que valoriza o bumbum e elimina o desconforto das calcinhas tradicionais, a linha “ripple”, da marca Vix, chegou ao Brasil e é tendência

Biquinis Ripple já chegaram ao Brasil e são tendência

Biquinis Ripple já chegaram ao Brasil e são tendência (Divulgação)

Apesar de muitos considerarem charmosa a “ajeitadinha” que as mulheres dão na calcinha para evitar que o biquíni revele demais, uma grife desenvolveu um modelo com a intenção de acabar com esse incômodo feminino na praia. Com uma modelagem que realça as curvas e já é sucesso entre as americanas, a linha “ripple”, da marca Vix, chegou ao Brasil e é aposta para o verão 2012.

Franzido nas laterais, com elástico central que dá um efeito drapeado na parte traseira da calcinha, a peça faz um desenho em formato de coração no bumbum e evita que fique cavada demais. A criação é da empresária capixaba Paula Hermanny, que fez o caminho inverso no mundo da moda praia: lançou primeiro sua grife nos Estados Unidos e só agora começa a vender no Brasil.

“Há 10 anos fui morar na Califórnia para estudar. Quando ía à praia, minhas amigas americanas ficavam loucas com os meus biquínis, então comecei levar modelos brasileiros para vender”, conta Paula. “Mas quando elas experimentavam, achavam ousados. Eu já sabia um pouco de costura e fazia adaptações.”

Cameron, Demi, Beyoncé...

Não demorou muito para Paula começar a criar seus próprios biquínis e abrir loja. Os modelos com cara de brasileiro, mas com medidas comportadas para os padrões americanos, conquistaram famosas como as atrizes Cameron Diaz, Demi Moore, Sienna Miller e a cantora Beyoncé – todas já fotografadas usando alguns dos modelos nas praias.

“Acho que a Jennifer Aniston foi a primeira a ser clicada por paparazzi usando um Vix. Depois disso, a procura disparou”, conta Paula. “Até hoje não sei como um biquíni meu foi parar na mão dela... Nunca a vi na loja”.

Segundo a empresária, o modelo “ripple” nasceu de mais uma das tentativas de criar um biquíni com cara de brasileiro, mas na medida para as americanas. “Acho engraçado a relação que elas têm com o biquíni. Ou vestem aquelas calçolas da vovó ou aquele modelo ‘g-string’, que é uma calcinha bem mais escandalosa que o nosso fio-dental.”

Bia Ferrer e a modelo carioca Daniella Sarahyba também já experimentaram - e aprovaram o modelo. "Logo depois da gravidez, eu estava louca para emagrecer e usar o 'ripple'", conta Daniella, mãe de Gabriela, de 1 ano e 3 meses. "E de fato ele cumpre o que promete: tem um desenho que deixa uma sensação de que o bumbum está mais empinadinho. Fora que tem umas estampas lindas".  

Lançado há dois anos, o “ripple” é um dos campeões de venda lá fora e costuma vestir as modelos que estampam os ensaios da Sports Illustrated - revista esportiva, mas considerada uma divulgadora de tendências de moda praia.

“Em dezembro passado acabaram todos na loja! Se a Gisele Bündchen chegasse aqui querendo comprar o ‘ripple’, eu passaria vergonha, porque não teria no estoque”, brinca Paula.

Em território nacional, o biquíni começou a ser vendido neste verão em lojas multimarcas e no site da grife a R$ 270. “Estou curiosa para ver se as brasileiras vão aprovar. Afinal, autoridade em biquíni somos nós!”, diz a capixaba.