Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Cineclube revisita cinema italiano dos anos 50 e 60

O Cinemartecultura, no Centro de Manaus, promove esta semana um ciclo de filmes do movimento neorrealista, referência para o cinema atual

Seleção de filmes do cineasta Vittorio De Sica traz ‘Ladrões de Bicicleta’, o clássico de 1948 que lançou o movimento neorrealista

Seleção de filmes do cineasta Vittorio De Sica traz ‘Ladrões de Bicicleta’, o clássico de 1948 que lançou o movimento neorrealista (Reprodução/Internet)

Um dos movimentos mais importantes do cinema no século passado ganha esta semana uma homenagem do Cineclube Cinemartecultura, no Centro de Manaus.

A mostra traz filmes do chamado neorrealismo, uma estética criada por jovens diretores italianos nos primeiros anos após a Segunda Guerra Mundial, que consistia no uso de atores amadores, locações em prédios e ruas do dia-a-dia e tramas que abordavam os problemas da classe trabalhadora.

O movimento foi a influência mais forte na renovação do cinema mundial pelas duas décadas seguintes, inspirando a Nouvelle Vague francesa, o cinema novo brasileiro e a “New Hollywood” dos anos 1970. A seleção desta vez foca nos filmes do cineasta Vittorio De Sica, autor do filme que “lançou” o movimento, o clássico “Ladrões de Bicicletas” (1948), passando por seus principais trabalhos nas três décadas seguintes.

O Cineclube Cinemartecultura funciona no Cineteatro Guarany, localizado na Av. Sete de Setembro, 1546, Centro, na Vila Ninita, anexo ao Palácio da Justiça. As sessões acontecem de terça a sexta, sempre às 18h30.

Confira a programação:

Ladrões de Bicicletas, 1948 (Ter, 08/04)

Sinopse: Antonio Ricci, um trabalhador humilde, luta para sustentar a família. Precisando de uma bicicleta para trabalhar, ele penhora as roupas de cama da casa. Para desespero da família, a bicicleta é roubada, e Antonio sai junto com um filho para procurá-la. Drama/ Classificação 14+/ 90 min.

O Ouro de Nápoles, 1954 (Qua, 09/04)

Sinopse: Uma linda homenagem feita por De Sica à cidade de Nápoles e seus habitantes através de seis episódios, que trazem comédia, drama e romance. Comédia/ 14+/ 131 min.

Ontem, Hoje e Amanhã, 1963 (Qui, 10/04)

Sinopse: Três histórias sobre três mulheres diferentes e o homem que elas amam. Aventura/ 14+/ 120 min.

Os Girassóis da Rússia, 1970 (Sex, 11/04)

Sinopse: Ao fim da Segunda Guerra Mundial, Giovanna (Sophia Loren) se recusa a aceitar que o marido (Marcello Mastroianni) tenha morrido em combate na Rússia. Ela decide então viajar em busca de seu paradeiro. Romance/ 14+/ 101 min.