Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Começa neste domingo (1) a programação cultural para o período da Copa do Mundo 2014

A programação "Amazonas de Todas as Artes" oferecerá concertos, shows de rock e de MPB, filmes, peças e outras atrações

Teatro Amazonas receberá 9º Festival Amazonas Jazz e duas apresentações do projeto "Estrelas do Amazonas"

Teatro Amazonas receberá vários dos eventos programados para o período do Mundial (Euzivaldo Queiroz/AC)

Na primeira semana da programação "Amazonas de Todas as Artes", realizada pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura, o público poderá conferir uma amostra da variedade de expressões artísticas que serão apresentadas no período da Copa do Mundo FIFA Brasil 2014, em todas as unidades atendidas pela SEC.

No domingo (1), às 16h, no Centro Cultural Palácio da Justiça, o documentário “100 Anos de Rio X Nal” abre a “Mostra Amazonas”, série de produções audiovisuais dividida em 16 programas que segue até o dia 11 de junho, com exibições também no Cine Teatro Guarany e Centro Cultural Povos da Amazônia.

Às 19h, acontece, dentro da programação do XVIII Festival Amazonas de Ópera, o "Pop Ópera", concerto que será apresentado no Largo São Sebastião. Algumas das principais árias da música erudita, como Fígaro (Rossini), Rainha da Noite (Mozart) e Habanera (Bizet) fazem parte do repertório. Com acompanhamento da Amazonas Filarmônica Experimental Band, conduzida pelo maestro Marcelo de Jesus, completam o elenco do espetáculo as sopranos Dhijana Nobre e Isabelle Sabrié, o tenor Enrique Bravo e o barítono Rafael Lima, todos integrantes do Coral do Amazonas.

Na segunda-feira (2), às 15h, na Biblioteca Pública, a Companhia Amattores Eventos Artísticos narra a história da Branca de Neve no espetáculo infantil “Era Uma Vez”, dirigido por Fabienne Araújo. A peça foi premiada no Festival de Teatro da Amazônia de 2010.

Às 20h, no Teatro Amazonas, fãs de rock'n'roll e música erudita poderão conferir as versões que a Orquestra de Câmara do Amazonas e a Immigrant Band fizeram para clássicos como “Paranoid”, (Black Sabbath), “Smoke On The Water” (Deep Purple) e “Live And Let Die” (Paul McCartney). Trata-se do “rOCKa”, concerto que também contará com a participação do coral infantil do Liceu de Artes e Ofícios Cláudio Santoro e do Madrigal Ivete Ibiapina, terá ainda apresentações na terça (03/06) e na quarta (04/06), também às 20h.

“A Floresta do Amazonas”, uma das últimas obras do compositor brasileiro Heitor Villa-Lobos (1887-1959), estreia na sexta-feira (6), às 20h, no Teatro Amazonas, com acompanhamento da Orquestra Amazonas Filarmônica, conduzida pelo maestro Luiz Fernando Malheiro, do balé da Companhia de Dança do Amazonas e a seção masculina do Coral do Amazonas. A soprano Daniella Carvalho atuará como solista. O espetáculo será reapresentado no sábado, no mesmo horário.

Pop e romantismo

Em comemoração ao centenário de nascimento do compositor Lupicínio Rodrigues (1914-1974), Amílcar Azevedo e Lucilene Castro interpretam hinos da dor de cotovelo como “Volta”, “Cadeira Vazia”, “Ela Disse-me Assim”, entre outras, no sábado, 7 de junho. Dirigido por Paulo Marinho, o show “Nervos de Aço” acontece no Teatro da Instalação, às 20h.

“Paraíso Utópico” é o título do show que o vocalista Gustav Cervinka leva ao palco do Centro Cultural Usina Chaminé no domingo, 08, às 18h. Reunindo influências de pop/rock aos arranjos inspirados no hard rock, o repertório é composto por canções próprias como “A Sua Chegada”, “Descanse em Paz” e “Bárbara”. Os guitarristas Elias Ferreira, Raonny Oliveira, o baixista Ediel Castro e o baterista Tiago Guelfi integram a banda de apoio.

Às 19h, no Teatro Amazonas, o Corpo de Dança do Amazonas apresenta a releitura de “A Sagração da Primavera”. O acompanhamento instrumental será reproduzido por meio de gravação de música executada pela Amazonas Filarmônica, em concerto realizado ano passado, durante a programação do projeto Série Guaraná. Na ocasião, celebrou-se o centenário da revolucionária obra do compositor russo Igor Stravinski (1882-1971).

A cultura popular e suas diversas manifestações, destaques da programação “Amazonas de Todas as Artes”, estarão presentes nas atividades realizadas diariamente no Centro Cultural Povos da Amazônia. Todos os espetáculos apresentados no Teatro Amazonas são pagos. Os ingressos poderão ser adquiridos no dia do evento, na bilheteria do local.