Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Copa do Mundo aquece programação de exposições artísticas em Manaus

Somente na primeira semana do torneio, calendário prevê três exibições especiais envolvendo a temática do megaevento. Shoppings da capital também receberão mostras artísticas até o fim de junho

Riquezas naturais do Amazonas estão representadas em "Brasil da Copa"

Riquezas naturais do Amazonas estão representadas em "Brasil da Copa" (Divulgação)

A proximidade da Copa do Mundo tem aquecido o calendário de exposições na capital amazonense. Nesta primeira semana do torneio, mais três exibições especiais entram em cartaz na cidade: a primeira é a “Brasil de Ouro”, no Museu de Numismática Bernardo Ramos, aberta a partir desta terça-feira (10); na quinta-feira, é a vez de conferir a mostra fotográfica “Brasil da Copa”, no Palácio Rio Negro; na sequência Manaus sedia o 2º Salão Internacional de Humor Gráfico, que ocupará o Palacete Provincial a partir de sábado (14).

“Brasil da Copa” traz 20 imagens registradas pelos fotógrafos Fernando Clark e Ricardo Feres, que percorreram mais de 20 mil quilômetros, de Norte a Sul do País, captando aspectos culturais e ambientais das 12 cidades que receberão jogos deste megaevento esportivo. Como não poderia deixar de ser, o Amazonas está bem representado por suas exuberantes paisagens naturais.

Em Manaus, excepcionalmente, a exposição contará ainda com a participação dos fotógrafos locais Afrânio Ribeiro, Carlos Navarro, Jefferson Rebelo, Lula Sampaio e Roumen Koynov. Ao todo, eles contribuíram com 10 imagens, que passaram pela curadoria da assessora da SEC, Cléia Viana. Com 25 anos de carreira, Koynov participa com cinco fotos inéditas que retratam a inserção do futebol no cotidiano amazonense.

“Duas são fotos de jovens e crianças brincando de bola nessa nossa chuva tão característica. Na terceira, registrei uma família no ambiente de uma casa tipicamente cabocla: de madeira, com uma rede, mas com a bola também presente. São imagens que foram feitas sem pensar na exposição, mas que acabaram se encaixa na proposta dela”, explica ele.

De acordo com a representante da Cultura Sustentável em Manaus, Fernanda Tinoco Rocha, “Brasil da Copa” é fruto de um livro homônimo que foi lançado em novembro do ano passado. Em 240 páginas, a obra traz mais que fotos bem produzidas – informações sobre a história, cultura e geografia de cada cidade sede também ganham destaque, uma forma de mostrar aos turistas que temos muito mais a oferecer do que somente a experiência do futebol. “O livro já está com edição esgotada, mas a exposição já rodou cidades como São Paulo e Búzios”, completa Fernanda.

“Assim como não deve ser uma tarefa fácil ao técnico da Seleção Brasileira escalar os jogadores para representar o Brasil na Copa, foi muito difícil selecionar, entre as infinitas imagens com tanta beleza e lugares incríveis, uma mostra para apresentar o nosso País”, explica a diretora da Cultura Sustentável, Ana Carolina Xavier. “Desejo que o Brasil não seja conhecido apenas pelo futebol, carnaval, samba e caipirinha, mas como uma potência de cultural, beleza e acolhimento”, finaliza.

A mostra é uma realização da empresa paulista Cultura Sustentável em parceria com a Secretaria de Estado de Cultura (SEC). As fotografias poderão ser conferidas no Palácio Rio Negro até o dia 31 de julho, com visitação gratuita.

O quê: Exposição “Brasil da Copa”

Quando: 12 a 29 de junho, das 9h às 19h (todos os dias); 30 de junho a 31 de julho, das 9h às 19h (exceto segunda-feira)

Onde: Espaço Cultural Palácio Rio Negro, rua 7 de Setembro, 1.546, Centro

Quanto: Entrada gratuita

“Brasil de Ouro”

Manaus está entrando no clima da Copa e, para acompanhar o ritmo, o Museu de Numismática Bernardo Ramos preparou uma exposição especial sobre a trajetória da seleção do Brasil, focando nas cinco Copas vencidas pelo País. Na exposição “Brasil de Ouro” será possível ver de perto as peças relacionadas às Copas passadas, além das moedas de ouro, de prata e de cuproníquel, selos e cartões postais lançados para a competição deste ano.

Exposição "Brasil de Ouro" exibe trajetória da seleção brasileira nas cinco copas vencidas (Foto: Divulgação)

O museu fica localizado no Palacete Provincial, na Praça Heliodoro Balbi (Praça da Polícia). A exposição será aberta ao público a partir de hoje, das 09h às 19h, com entrada franca

Humor Gráfico

Mais de 1.200 artistas de 44 países (incluindo o Brasil) se inscreveram para participar do 2º Salão Internacional de Humor Gráfico de Manaus, que traz como tema “Futebol-Copa”. A abertura da mostra competitiva acontece neste sábado, dia 14, às 20h, no Palacete Provincial (Praça Heliodoro Balbi, Centro Histórico de Manaus), onde ficará em cartaz durante o horário de funcionamento do local até o dia 2 de agosto. A entrada é gratuita em todos os dias.

Ao todo, serão expostas 180 ilustrações, entre caricaturas, charges, tiras e cartuns com conteúdo alusivo ao Mundial de futebol. Personalidades do futebol de ontem e de hoje são os principais alvos do humor de artistas de países como China, Itália, Ucrânia, Portugal, Hungria e Egito. Além disso, palestras, oficinas e lançamentos de livros também estão na programação.

Artistas de 44 países concorreram a uma vaga no Salão Internacional (Foto: Divulgação)

A partir desta quinta-feira, dia 12, os jurados da mostra competitiva estarão em Manaus para avaliar os trabalhos. Entre os nomes estão o do cartunista J. Bosco, do Jornal O Liberal (PA), o cartunista Ubiratan Porto (PA) e o cartunista Cássio Manga (SP).

O evento, porém, irá homenagear o cartunista amazonense Jorge Guiddaci, que trabalhou no Jornal O Pasquim e que também avaliará as produções.

Leitura crítica

Está em cartaz na Galeria do Caua (rua Monsenhor Coutinho, 725, esquina com a rua Tapajós, Centro) a exposição coletiva “Off Copa: Não é futebol”, que lança um olhar sobre o torneio mundial de futebol a partir dos diversos questionamentos que vieram à tona durante os preparativos.

A exibição reúne trabalhos de Adroaldo Pereira, Alberto César Araújo, Keila Serruya, Monik Ventilari, Afrânio Santos, Hadna Abreu, Noleto, Óscar Ramos, Paulo Trindade e Sebastião Alves, além do artista-curador Cristovão Coutinho.

Obras poderão ser conhecidas até o dia 11 de julho, na Galeria do Caua, no Centro (Foto: Divulgação)

A proposta da “Off Copa”, segundo Coutinho, foi estimular os artistas de Manaus a refletir sobre as inúmeras questões atualmente sendo debatidas em torno de um evento que “está na alma do brasileiro”. “No País se criou uma expectativa grande com o evento, que é mais do que um torneio de futebol, mas envolve questões políticas, econômicas e sociais”, destaca ele, que assina o cartaz e o texto de apresentação da mostra.

Relíquias

Os shoppings também abriram as portas para as artes. A partir desta terça-feira (10), o Manauara Shopping (Av. Mário Ypiranga Monteiro) recebe obras produzidas ao longo de 14 anos pelo fotógrafo radicado em Manaus Lula Sampaio, que pesquisa o uso das cores pelas populações amazônicas.

Os registros, que retratam o cotidiano do povo ribeirinho nas cores do Brasil e com os idiomas das seleções que jogarão na capital amazonense, serão dispostas nas portas automáticas, totens e em banners gigantes nos espaços do centro de compras.

De acordo com Sampaio, Manaus é uma das cidades mais belas e coloridas em época de Copa. “Foi por essa razão que tive a ideia de unir as características da nossa região com a paixão pelo verde e amarelo do futebol”, explicou. A exibição das fotografias segue até o próximo mês.

Lula Sampaio registra cotidiano ribeirinho e o relaciona com a Copa (Foto: Divulgação)

Já no Shopping Ponta Negra, o público manauara já pode conferir a mostra “Brasil, um País, um mundo”. A exposição itinerante traz um grandioso e exclusivo acervo de peças históricas do nosso futebol, entre objetos, fotos, vídeos e instalações interativas, que também mostram como a modalidade permeia as mais diversas áreas de conhecimento. Em Manaus, ela ficará aberta até o dia 25 de junho, nos horários de funcionamento do shopping.