Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Dicas de decoração para o seu apartamento compacto

A tendência é poupar espaço e dar mais funcionalidade ao ambiente

Epaço da cozinha bem aproveitado

Epaço da cozinha bem aproveitado (Foto: HomeSweetHome.com)

O mercado imobiliário costuma acompanhar de perto as evoluções no perfil do usuário. Hoje, atendendo às necessidades dos solteiros, separados, recém-casados, estudantes e profissionais que mudam de cidade, grandes apartamentos de três quartos, sala e cozinha - feitos para família de quatro a cinco integrantes – estão dando lugar aos práticos e funcionais apartamentos “quarto e sala”, de 45 a 60 metros quadrados.

A tendência é poupar espaço e dar mais funcionalidade ao ambiente. À primeira vista decorar um espaço pequeno parece mais fácil, mas a falta de cuidado com coisas simples, como as cores da parede ou tamanho dos móveis, podem transformar o espaço funcional em um espaço claustrofóbico, um problema na hora de decorar.

A designer e coordenadora do curso de Design de Interiores do Centro Universitário Nilton Lins, Fran Prata, diz que a tarefa mais difícil na hora de decorar apartamentos pequenos é conseguir harmonizar diversas funções em um só ambiente. “Quando o espaço é restrito e nele são concentradas muitas atividades, por exemplo, é complicado deixar o espaço com conforto e funcionalidade agindo em conjunto”, completa.

A designer dá algumas dicas de como aproveitar cada espaço do seu apartamento, mostrando que é possível morar bem em espaços reduzidos:

Paredes

Dê prioridade às cores claras

“Para espaços pequenos é aconselhável o uso de cores claras, deixando os tons mais escuros para pequenos detalhes. Tons mais escuros fazem com que as superfícies pareçam menores, por esse motivo é tão importante que em um ambiente pequeno as paredes e teto sejam claros.”

Mas se você gostar de cores mais fortes... 

“Para usar cores mais fortes e escuras, podemos usar alguns ‘truques’, como por exemplo pintar uma das paredes com listras horizontais, que alongam o ambiente e permitem o uso mesclado de algumas cores mais densas, junto com as claras - e o próprio branco, para equilibrar.”

Mobiliário

Escolher móveis multifuncionais e de tamanhos reduzidos 

“Existem diversos tamanhos para o mesmo móvel. O sofá, por exemplo, podemos encontrar peças com largura de 1 metro e outros similares com largura de 85 ou 90 cm Num ambiente com espaço restrito, cada centímetro é importante. Outra dica é usar cores mais escuras nas principais peças, isso as fará parecer menores, usando o mesmo princípio das paredes, só que ao contrário.”

Tapetes

Contraste com os móveis

“Os tapetes devem ser de preferência lisos e de cores neutras e claras, contrastando como o mobiliário escuro.”

Cortinas

Atenção com as cores e estampas

“As cortinas devem possuir um tom diferente da parede, mas não muito escuro e, se possuir alguma textura ou estampa, a mesma deverá ser pequena, estampas grandes somente para superfícies grandes.”

Objetos

Sem exageros

“Os objetos não devem estar presentes em grande quantidade, para não poluir o ambiente. Eles são o toque final de todo projeto. Nesse momento as cores fortes e escuras estão liberadas, de acordo sempre, é claro, com o conceito do projeto.”