Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Emoções na era digital: Internet e redes sociais podem ajudar a vender destinos turísticos

Palestrantes da 2ª edição da World Travel Market Latin afirmam que Turismo deve estar adequado a novo cenário. Segundo representantes do Google Brasil, 69% dos viajantes compartilham experiências em sites de relacionamento

Conforme especialistas, 20% das viagens hoje são resultado de pesquisas feitas por meio do aparelho celular

Conforme especialistas, 20% das viagens hoje são resultado de pesquisas feitas por meio do aparelho celular (Reprodução)

SÃO PAULO - Quando você pensa em fazer alguma viagem, seja de férias ou a trabalho, você logo dá uma pesquisada no Google para saber mais detalhes sobre preços de passagens, diárias em hotéis e opções do que fazer na cidade escolhida. Da mesma forma que você compartilha com amigos e familiares quase que instantaneamente as fotos da viagem em suas redes sociais, como Facebook e Instagram. Essa realidade deve ser levada em consideração por quem trabalha com Turismo hoje.

O novo cenário foi apresentado pelo diretor de Negócios-Viagem, Educação e Governo do Facebook Brasil, João Carlos Pastore, durante palestra na segunda edição da World Travel Market Latin America, feira que reuniu por três dias em São Paulo os maiores agentes e empresários do setor de Turismo do mundo.

“O uso das redes sociais não é uma novidade. O importante é enxergá-las como veículos de massa. O Facebook, por exemplo, é acessado diariamente, somente no Brasil, por 52 milhões de pessoas. Desse total, 30 milhões via aparelhos celulares”, revelou o diretor. “O Facebook é feito de histórias, de marcas (apresentadas de maneira mais sutil). O desafio é tornar a sua história mais relevante, mais interessante para que as pessoas acessem sua página”, observou Pastore.

Para os representantes do Google Brasil, Leonardo Vieira e Vinicius Landucci, que também fizeram palestra durante o evento, a Internet deve ser vista como aliada no desenvolvimento de novos negócios e como principal fonte de informações das pessoas, afinal, são 105 milhões de brasileiros conectados na web atualmente. “A Internet está tomando o lugar da televisão”, afirma Leonardo. Segundo ele, 82% dos brasileiros com acesso a Internet pesquisam antes de viajar.

Edição reuniu milhares de profissionais da indústria do turismo

Outro número que comprova esta mudança é que 69% dos viajantes criam e compartilham experiências nas redes sociais. De acordo com ele, esse processo é composto de cinco fases: o sonho (da viagem), pesquisa, compra, experiência e compartilhamento.

“O consumidor está muito mais informado. Quando ele não compra direto na Internet as passagens e faz seu próprio roteiro, chega nas agências muito mais exigente. É preciso se adequar a essa realidade”, aponta Leonardo.

Negócios

O encerramento da edição 2014 da World Travel Market Latin America confirmou seu sucesso, com 25% do pavilhão de exposições já reservado para o próximo ano. Participaram do evento, que ocorreu de 23 a 25 de abril, 16 mil profissionais do setor do Turismo.

A WTM Latin America tem sido o catalisador para uma quantidade extraordinária de negócios, em parte graças ao Programa de Hosted Buyers (compradores convidados) da Reed Travel Exhibitions e aos três eventos de “Speed Networking” que aconteceram ao longo dos três dias e facilitaram uma série de grandes negócios.

Lawrence Reinisch, diretor da WTM Latin America, afirmou: “tive um feedback bastante positivo de todos os participantes. Todos ficaram extremamente satisfeitos com os números e a qualidade dos compradores, visitantes e tomadores de decisão, além do aumento do número de negociações comerciais das quais participaram no pavilhão de exposições”.

Em 2015, o evento irá acontecer no Expo Center Norte, em SP, entre 22 e 24 de abril.