Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Do ‘Esconde’ às ruas! Caprichoso mantém tradição em 2014

A Rua Sá Peixoto, reduto azul e branco, será o ponto de partida da grande festa deste sábado (24), quando o boi sai às ruas, revivendo a velha tradição de folia ao ar livre na Ilha Tupinambarana

Ao fim da caminhada, será realizado um grande ensaio com todos os itens individuais e coletivos que o Caprichoso vai apresentar no Festival desse ano

Ao fim da caminhada, será realizado um grande ensaio com todos os itens individuais e coletivos que o Caprichoso vai apresentar no Festival desse ano (Divulgação)

A dança nos terreiros, quintais, nas ruas, a brincadeira em frente às casas de padrinhos e donos, seja a luz de lamparina, de fogueiras ou até mesmo sob o luar. Tudo isso e mais um pouco será resgatado durante o Boi de Rua do Caprichoso, datado para este sábado (24) em Parintins.

Realizado desde 2001, a saída do Touro Negro às ruas promete azular mais uma vez a Ilha Tupinambarana. “O boi naquela época não tinha essa dimensão. Um pequeno grupo de pessoas tomava conta do boi e, com o passar dos anos, agregaram alguns elementos. Em 2001, com o presidente Dodozinho Carvalho, repensamos e resgatamos essa manifestação popular”, destaca o sócio, João do Carmo de Jesus, organizador do primeiro Boi Rua do Caprichoso.

Ele lembra que o Conselho de Artes, na época, formado também por Simão Assayag, Gil Gonçalves, Arlindo Junior, Rai Santos, entre outros, resgatou a tradição. “O primeiro boi de rua foi fantástico. Quem não se lembra disso? Resgatamos todos os currais. Fizemos um trabalho de pesquisa, com a ajuda da professora Odinéia Andrade. A partir daí deu certo. Estava óbvio que seria algo a ser realizado sempre”, reforça João do Carmo.

O eterno padrinho e ex-presidente do boi, Acinélcio Vieira, revelou que o Boi de Rua é um momento de expressar o amor e sentimento ao Caprichoso, assim como reviver a grandiosidade da brincadeira de boi-bumbá. Para ele, que é o primeiro morador de Rua Sá Peixoto, reduto tradicional azul, a saída do boi de rua deste sábado é motivo de felicidade, pois lá, a história do boi se configura com a dos moradores, na maioria, torcedores, sócios e famílias tradicionais.

“Nunca saiu desse local, próximo a Praça do Sagrado Coração de Jesus. Era algo que queria sugerir há tempos. Isso me deixa feliz, porque o boi pra mim é a continuação da minha vida. Estou feliz por esse momento da saída do boi daqui de perto de casa”, declarou o sócio benemérito aos 67 anos, com 54 dedicados ao Caprichoso.

Trajeto

O segundo Boi de Rua do Caprichoso da temporada 2014 inicia às 19h deste sábado (24). Ainda na concentração, no início da Rua Sá Peixoto, próximo ao Colégio Nossa Senhora do Carmo, a “Turma do Canto”, ao comando do sócio Armando Lima, fará encenação especial com crianças da brincadeira do Caprichoso.

Os brincantes, em caminhada, descerão pela Sá Peixoto, Avenida Amazonas, Rua Jonathas Pedrosa, Getúlio Vargas e Gomes de Castro, com chegada ao Curral Zeca Xibelão, onde acontecerá um grande ensaio com todos os itens individuais e coletivos, além de demais segmentos do Caprichoso.