Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Dia do Escritor será celebrado nesta sexta (25) no SESC Centro

Sarau lítero-musical reúne talentos das letras no Amazonas para homenagear o dom de transformar o mundo e a imaginação em palavras marcantes

A escritora Sálvia Haddad, autora de ‘Mel e Fel – Retratos da Vida’, é uma das representantes do talento literário local no evento

A escritora Sálvia Haddad, autora de ‘Mel e Fel – Retratos da Vida’, é uma das representantes do talento literário local no evento (Divulgação)

Nesta sexta-feira (25), a partir das 19h, o SESC homenageia aqueles que possuem o dom de colocar em palavras seus relatos, histórias, fantasias, sentimentos e vivências. Por meio de um sarau lítero-musical, será comemorado o Dia do Escritor, e para representar os talentos locais da área, estarão presentes Tenório Telles, Cacilda Barboza (“Contos que não mais contarei”), Sálvia Haddad (“Mel e Fel – Retalhos da Vida”), além dos contemplados pelo Concurso de Contos do Sesc.

Para dar o tom musical do evento, haverá também a participação especial do Grupo Alecrim, com o seu Projeto “Paneiro de Poesias”, e da cantora Lucinha Cabral.

Um dos nomes mais proeminentes da escrita amazonense, Tenório Telles, irá comandar a saudação aos autores presentes, discorrendo sobre a importância do ofício na tentativa de estimular a perpetuação de sua prática no Estado. Um exemplo da nossa competência reside nos contemplados pelo Concurso de Contos do Sesc, o qual ocorre em nível nacional, e dos quinze contos que compõem essa antologia, três são de escritores amazonenses: Jamilsa Melo (“Da rocha que Viemos”), Davi Henrique Soledade da Silva (“Tegretol”) e Sérgio Victor de Souza Rodrigues (“Recusa”).

Na ocasião, cada autor irá expor um pouco sobre seu trabalho. A autora de “Mel e Fel – Retalhos da Vida”, Sálvia Haddad, uma das convidadas, comenta acerca da importância de celebrar o data. “Escrever é uma arte. A literatura, além de enriquecer as pessoas, possui o poder de levar o ser humano à reflexão. Nada mais justo do que elegermos um dia para se exaltar o ofício do escritor, aquele que empresta sua alma às palavras”, afirmou.

O livro “Mel e Fel” foi lançado em 2013 pela Editora Novo Século. Sálvia Haddad reuniu em crônicas os momentos de dúvida, confusão, e acima de tudo, coragem ao discorrer sobre sua experiência no período em que marido foi diagnosticado com câncer e ela aguardava o nascimento do terceiro filho.

“A literatura me faz feliz e nela me encontro mais do que em qualquer outro lugar! Escrever faz parte do que eu sou e de como me relaciono com o mundo. Não é uma profissão fácil, mas guarda em si algo de muito gratificante”, explica Sálvia, que também é Procuradora do Estado.

O Dia do Escritor promovido pelo SESC terá acesso totalmente gratuito ao público. Para quem quiser conhecer um pouco mais do trabalho dos escritores presentes, suas obras estarão à venda durante o evento.

Serviço

O quê: Sarau Lítero-Musical em comemoração do Dia do Escritor

Quando: Sexta-feira (25), a partir das 19h

Onde: SESC Centro Hall (Rua Henrique Martins, n. 427 – Centro)

Quanto: Gratuito

Mais informações: 2126-9517