Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Espetáculos de dança, workshops e debates mostram arte indígena do Amazonas

Companhia ‘Dabucuri da Índios.com’ apresenta ‘Um Canto Nambiquara’, ‘Rito de Passagem’ e fomenta programação durante a Copa

‘Rastros Híbridos’ teve première internacional na Guiana Francesa em 2012 e foi contemplado com o Prêmio Klauss Vianna Funarte/Petrobras 2010 e 2011

‘Rastros Híbridos’ teve première internacional na Guiana Francesa em 2012 e foi contemplado com o Prêmio Klauss Vianna Funarte/Petrobras 2010 e 2011 (Divulgação/Ruth Jucá)

O projeto “Dabucuri da Índios.com Cia. de Dança” apresenta no próximo dia 25 de junho a performance “Um Canto Nambiquara”, com a interatriz Julia Pascali. Em seguida, é a vez da montagem de dança contemporânea “Rito de Passagem”, do repertório da Índios.com Cia. de Dança. O evento inicia às 19h, no Les Artistes Café-Teatro (avenida Sete de Setembro, s/nº, Centro, zona sul).

Os Nambiquara também são chamados de Anunsu, Anunzê, Nanbikuara, Nambikuara, Nhambikuara ou Nhambiquara e são um povo indígena brasileiro que povoam o oeste do Mato Grosso e Rondônia.

Julia Pascali é doutora em Artes pelo IA/Unicamp. Possui experiência na área de Artes, com ênfase em Preparação de Atores, Artes Integradas e Participativas. A pesquisadora viveu entre os índios, especialmente os Nambiquara, os Enauene-Nauê e Maias, trabalhou na China, na Coreia do Sul e estudou no Japão. Ela explica que seus trabalhos apresentam uma síntese dessa dupla influencia, indígena-oriental, e ressalta que o principio gerador do ritmo e do movimento se manifesta em espetáculos performáticos, instalações, obras abertas, desenhos, vídeos e cantos, de caráter coletivo e participativo.

Pascali conta que “Um Canto Nambiquara” congrega linguagens artísticas integradas, desenho, música, poesia e performance. “Uma aldeia de artistas e convidados desperta em conjunto e se expressa através do movimento sensível, revelando irmãos livres, brincantes a ocupar a Terra. Um tipo de sincronicidade expressiva é ativada por um exercício chinês, muito simples e energético, que nos leva ao estado de presença”, resume a pesquisadora, que assina a criação e direção do evento e também os desenhos.

“Rito de Passagem”

Após a apresentação de “Um Canto Nambiquara”, a diretora artística e intérprete-criadora Yara Costa irá executar o solo “Rito de Passagem”. A coreografia integra a série de atividades artísticas do projeto “Dabucuri da Índios.com Cia. de Dança”, que foi aprovado pelo edital Concurso Cultura 2014, lançado pelo Ministério da Cultura (Minc) no início deste ano, sendo o único projeto selecionado do Amazonas na área de Dança, obtendo a terceira colocação no ranking nacional de propostas aprovadas pelo Concurso Cultura 2014.

O “Dabucuri da Índios.com Cia. de Dança” foi desenvolvido por Yara Costa e inclui a apresentação de mais duas montagens do repertório da companhia: “Rastros Híbridos”, de 2010, e “Aëëë: Pra Falar do que Não Foi Perdido”, de 2013, além de workshops de dança aérea com a técnica de rapel e tecido circense e debates com temas envolvendo a relação arte contemporânea versus cultura indígena.