Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Dia das Mães: reconstituindo fotografias ao lado das mães, personagens revivem memórias

Em homenagem ao dia, A CRÍTICA selecionou três histórias e fotografias antigas onde o amor e união são predominantes. Às 'mamães internautas', desejamos um feliz Dia das Mães! 

A partir da esquerda, Leda, Gina e Gisele

A partir da esquerda, Leda, Gina e Gisele (Divulgação/Erica Melo)

Maio é muito especial para todos os veículos de comunicação, pois neste período se buscam as maneiras mais criativas para homenagear as mães, essas mulheres guerreiras, com histórias distintas, com seus sofrimentos, vitórias e batalhas.

Ainda no início deste mês, durante uma reunião de pauta, surgiu a ideia de propor às personagens da reportagem que revivessem momentos únicos ao lado de sua mãe, tendo ainda a missão de compartilhar com os leitores de A CRÍTICA o motivo deste registro (fotográfico) ser tão especial. Na mesma hora, após surgir a ideia da pauta, alguns repórteres comentaram que tinham vontade de fazer um novo clique de um momento que foi único ao lado da mãe. Afinal, quem nunca viveu um momento especial como esses expostos na matéria?

Em um de seus versos célebres, o grande poeta Mário Quintana escreveu que mãe é uma palavra com apenas três letrinhas, mas que nela cabe o infinito. Ao seu verso, acrescentaria a palavra amor, assim como fez o cirurgião plástico Israel Oliveira ao falar da importância da mãe. “O que tenho de melhor em meu caráter e personalidade é por causa da minha mãe (Maria Zulene), de seus ensinamentos e exemplos. Mãe representa, definitivamente, a palavra amor”, disse o médico.

Muitas crianças, jovens e pessoas maduras pedem – no silêncio de suas orações – que suas mães sejam eternas. Então, hoje, a mensagem que estamos levando aos leitores deste caderno é: “Faça com que todos os dias sejam especiais ao lado de sua mãe”.

União e superação

Quem nunca passou por momentos difíceis na vida? Nessas horas, o importante é a família permanecer unida. Afinal, a família é o alicerce, o porto seguro. Passando por um período de renovação, a imagem principal da matéria mostra dona Leda e seus filhos, no aniversário de 15 anos da caçula, Gisele São Thiago (a primeira da direita para esquerda), após a separação. Essa foto (imagem principal), sempre que Leda e seus filhos olham o álbum de fotografias, é motivo de comemoração.

“Essa, em especial, marca uma nova etapa nas nossas vidas. Meus pais tinham acabado de se separar, depois de 21 anos de casados. Minha mãe segurou uma responsabilidade grande. Nesse dia, eu completava 15 anos, mas não teve festa. Minha mãe fez apenas um jantar para poucos amigos. A partir dessa época, ela precisou começar a trabalhar, porque, quando casada, meu pai não queria que ela trabalhasse”, recordou Gisele São Thiago, gerente de programação e conteúdo da TV A Crítica.

Por meio de sua mãe, ela aprendeu, desde cedo, que se deve ficar perto dos filhos sempre e que nunca é tarde para um recomeço.“Também tenho orgulho de minha mãe pela maneira como cuidou da minha avó, até o fim, sempre com muito carinho e cuidado. Minha avó tinha Alzheimer”. Na reprodução deste momento de renovação faltou apenas Fernando Araújo, que, infelizmente, não pôde reviver este momento, pois se encontra viajando. Na imagem, da esquerda para direita, Leda, Gina e Gisele São Thiago.

Alegria ao ar livre

Brincadeiras pela praça, com segurança, deixando o tempo passar, somente tendo a preocupação de sorrir e se divertir. Esta imagem de Thayana Fernandes, Miss Teen Brasil 2013, ainda criança, acompanhada de sua mãe, Karina Fernandes, resume bem como foi sua infância no município de Nhamundá, onde morou até os quatro anos de idade.

“Essa foto foi escolhida porque marca quando morávamos em Nhamundá, lugar onde nasceu a minha filha. Lá, como toda cidade do interior, se tem a liberdade para as crianças brincarem. Não era como agora, onde as crianças ficam presas nos apartamentos com seus videogames”. De sua mãe, Thayana herdou a força para lutar por seus sonhos. “A principal lição que ela me ensinou foi ser humilde e batalhar por meus sonhos e objetivos, tendo sempre os pés no chão. Minha mãe representa tudo na minha vida. É uma mulher esforçada, guerreira e muito batalhadora”, reconhece.

Karina e a filha Thayana Fernandes (Foto: Divulgação/J.Renato Queiroz)

Descobridor de filmes

Esta foto do cirurgião plástico Israel Oliveira ainda criança no colo de sua mãe, Maria Zulene, conta com uma história muito interessante. Este registro foi feito quando o futuro médico tinha pouco mais de um ano de idade, na casa de sua tia, no Centro de Manaus, lugar que contava com um belo jardim. Registro feito, os anos se passaram, mas nada da foto ser revelada, fazendo com que o filme fosse esquecido dentro daqueles tubinhos pretos de revelação. Já com dez anos de idade, no auge de suas peripécias, Israel encontrou vários tubinhos com filmes e decidiu revelá-los. Foi quando o menino teve a surpresa deste momento tão especial com sua mãe.

Maria Zulene e o filho Israel Oliveira (Foto: Divulgação/Winnetou Almeida)

“Eu era criança, fiquei bem surpreso e não imaginava que essa foto existisse. Foi uma grata surpresa”, afirma o médico. Dona Maria Zulene é do tipo mãe coruja que faz de tudo para que seus filhos sejam felizes, pois essa é a sua maior recompensa. “O Israel é o meu sexto filho. Amo muito todos os meus filhos e realmente faço tudo para vê-los felizes e realizados. Essa foto me faz lembrar do prazer que eu tinha em tê-lo em meu colo”.

O cirurgião plástico admite que sua mãe é um exemplo de mulher. “As mães representam o que a gente tem de melhor sempre. O que tenho de melhor em meu caráter e personalidade é por causa da minha mãe, de seus ensinamentos e exemplos. Mãe representa, definitivamente, a palavra amor”, concluiu o médico, compartilhando que algumas das lições de sua mãe são ajudar e respeitar o próximo.