Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Amazônia é cenário de novo desenho da TV Brasil

Nova série para crianças produzida pela TV Brasil aborda a vida selvagem na região Amazônica

Programa infantil “Igarapé mágico”

Programa infantil “Igarapé mágico” (Divulgação)

A região amazônica e suas belezas naturais e culturais serãoo cenário do novo programa infantil da TV Brasil. Intitulada “Igarapé mágico”,a nova série para crianças em idade pré-escolar (três a seis anos) vai mostraros animais típicos, os sons da floresta, a vegetação exuberante, o peculiarregime de chuvas, o vocabulário local, as lendas e ainda vai apresentar aospequenos, de forma divertida e informal, assuntos importantes como asustentabilidade.

Programado para estrear no dia 20 de janeiro, o programaserá exibido diariamente na faixa “Hora da criança”, no ar de segunda àsexta-feira, das 8h30 às 11h30 e das 12h30 às 15h. Com 26 episódios de 12minutos já prontos, “Igarapé mágico” promete levar às crianças diferentesaventuras, onde as personagens encaram questões tão diversas quanto a poluiçãodas águas, as redes de pescadores e o clima da região Norte e, ao mesmo tempo,transmitem noções de amizade e cidadania.

Os responsáveis por apresentar tais temáticas ao públicoinfantil serão graciosos bonecos que representam animais filhotes da Amazônia:o pirarucu (Bitelo), o peixe-boi (Maná), a sucuri (Ceci) a piranha (Cotinha), ojacaré (Jaca Zé) e a perereca (Quinha). O programa conta ainda com a Iara, amãe d'água, e uma garça real que participa como narrador. Iara é a únicapersonagem humana da série e é quem traz o elemento mágico. Ela é o adulto, queorienta, dá apoio, conforta e coloca limites nas confusões geradas pelaspersonagens.

Equipe qualificada

Por trás do “Igarapé mágico” está uma equipe deprofissionais bastante experientes no universo infantil. Rogério Brandão,diretor de produção da TV Brasil e vencedor de dois prêmios Emmy International- New York - 1999-2000 (International Children Day), divide a criação da sériecom Bia Rosenberg, especialista em programas para crianças que coordenou osclássicos “Castelo Rá-Tim-Bum”, “Cocoricó”, “X-Tudo” e “Glub Glub”.

Flávio de Souza (responsável pelo roteiro), Hélio Ziskind(responsável pela trilha sonora) e Marco Lima (responsável pelos bonecos e ocenário) também trabalharam em “Castelo Rá-Tim-Bum”, entre outros clássicosinfantis.

“Quando concebemos a série, a ideia era fazer algo quedespertasse nas crianças o orgulho de ter uma região como a Amazônia no país evalorizar nossas fauna e flora, construindo no imaginário da criança algo queesteja além do tigre, elefante e leão”, conta Rogério Brandão.

“Nosso objetivo é tratar de diversos assuntos, como aimportância da água, a necessidade de preservar, sem deixar de abordar questõespertinentes ao desenvolvimento emocional e intelectual das crianças em idadepré-escolar”, explica Bia.

Local

As histórias se passam num igarapé (um braço de rio,riacho). Segundo a equipe, o meio líquido exigiu muita tecnologia para levarpara as telas a textura, o movimento e efeitos luminosos da água.

Serviço

O que é: Programa infantil “Igarapé mágico”

Onde: TV Brasil, a partir de 20 de janeiro

Quando: Vai ao ar de segunda à sexta, das 8h30 às 11h30 edas 12h30 às 15h.


A região amazônica e suas belezas naturais e culturais serãoo cenário do novo programa infantil da TV Brasil. Intitulada “Igarapé mágico”,a nova série para crianças em idade pré-escolar (três a seis anos) vai mostraros animais típicos, os sons da floresta, a vegetação exuberante, o peculiarregime de chuvas, o vocabulário local, as lendas e ainda vai apresentar aospequenos, de forma divertida e informal, assuntos importantes como asustentabilidade.

Programado para estrear no dia 20 de janeiro, o programaserá exibido diariamente na faixa “Hora da criança”, no ar de segunda àsexta-feira, das 8h30 às 11h30 e das 12h30 às 15h. Com 26 episódios de 12minutos já prontos, “Igarapé mágico” promete levar às crianças diferentesaventuras, onde as personagens encaram questões tão diversas quanto a poluiçãodas águas, as redes de pescadores e o clima da região Norte e, ao mesmo tempo,transmitem noções de amizade e cidadania.

Os responsáveis por apresentar tais temáticas ao públicoinfantil serão graciosos bonecos que representam animais filhotes da Amazônia:o pirarucu (Bitelo), o peixe-boi (Maná), a sucuri (Ceci) a piranha (Cotinha), ojacaré (Jaca Zé) e a perereca (Quinha). O programa conta ainda com a Iara, amãe d'água, e uma garça real que participa como narrador. Iara é a únicapersonagem humana da série e é quem traz o elemento mágico. Ela é o adulto, queorienta, dá apoio, conforta e coloca limites nas confusões geradas pelaspersonagens.

Equipe qualificada

Por trás do “Igarapé mágico” está uma equipe deprofissionais bastante experientes no universo infantil. Rogério Brandão,diretor de produção da TV Brasil e vencedor de dois prêmios Emmy International- New York - 1999-2000 (International Children Day), divide a criação da sériecom Bia Rosenberg, especialista em programas para crianças que coordenou osclássicos “Castelo Rá-Tim-Bum”, “Cocoricó”, “X-Tudo” e “Glub Glub”.

Flávio de Souza (responsável pelo roteiro), Hélio Ziskind(responsável pela trilha sonora) e Marco Lima (responsável pelos bonecos e ocenário) também trabalharam em “Castelo Rá-Tim-Bum”, entre outros clássicosinfantis.

“Quando concebemos a série, a ideia era fazer algo quedespertasse nas crianças o orgulho de ter uma região como a Amazônia no país evalorizar nossas fauna e flora, construindo no imaginário da criança algo queesteja além do tigre, elefante e leão”, conta Rogério Brandão.

“Nosso objetivo é tratar de diversos assuntos, como aimportância da água, a necessidade de preservar, sem deixar de abordar questõespertinentes ao desenvolvimento emocional e intelectual das crianças em idadepré-escolar”, explica Bia.

Local

As histórias se passam num igarapé (um braço de rio,riacho). Segundo a equipe, o meio líquido exigiu muita tecnologia para levarpara as telas a textura, o movimento e efeitos luminosos da água.

A região amazônica e suas belezas naturais e culturais serãoo cenário do novo programa infantil da TV Brasil. Intitulada “Igarapé mágico”,a nova série para crianças em idade pré-escolar (três a seis anos) vai mostraros animais típicos, os sons da floresta, a vegetação exuberante, o peculiarregime de chuvas, o vocabulário local, as lendas e ainda vai apresentar aospequenos, de forma divertida e informal, assuntos importantes como asustentabilidade.

Programado para estrear no dia 20 de janeiro, o programaserá exibido diariamente na faixa “Hora da criança”, no ar de segunda àsexta-feira, das 8h30 às 11h30 e das 12h30 às 15h. Com 26 episódios de 12minutos já prontos, “Igarapé mágico” promete levar às crianças diferentesaventuras, onde as personagens encaram questões tão diversas quanto a poluiçãodas águas, as redes de pescadores e o clima da região Norte e, ao mesmo tempo,transmitem noções de amizade e cidadania.

Os responsáveis por apresentar tais temáticas ao públicoinfantil serão graciosos bonecos que representam animais filhotes da Amazônia:o pirarucu (Bitelo), o peixe-boi (Maná), a sucuri (Ceci) a piranha (Cotinha), ojacaré (Jaca Zé) e a perereca (Quinha). O programa conta ainda com a Iara, amãe d'água, e uma garça real que participa como narrador. Iara é a únicapersonagem humana da série e é quem traz o elemento mágico. Ela é o adulto, queorienta, dá apoio, conforta e coloca limites nas confusões geradas pelaspersonagens.

Equipe qualificada

Por trás do “Igarapé mágico” está uma equipe deprofissionais bastante experientes no universo infantil. Rogério Brandão,diretor de produção da TV Brasil e vencedor de dois prêmios Emmy International- New York - 1999-2000 (International Children Day), divide a criação da sériecom Bia Rosenberg, especialista em programas para crianças que coordenou osclássicos “Castelo Rá-Tim-Bum”, “Cocoricó”, “X-Tudo” e “Glub Glub”.

Flávio de Souza (responsável pelo roteiro), Hélio Ziskind(responsável pela trilha sonora) e Marco Lima (responsável pelos bonecos e ocenário) também trabalharam em “Castelo Rá-Tim-Bum”, entre outros clássicosinfantis.

“Quando concebemos a série, a ideia era fazer algo quedespertasse nas crianças o orgulho de ter uma região como a Amazônia no país evalorizar nossas fauna e flora, construindo no imaginário da criança algo queesteja além do tigre, elefante e leão”, conta Rogério Brandão.

“Nosso objetivo é tratar de diversos assuntos, como aimportância da água, a necessidade de preservar, sem deixar de abordar questõespertinentes ao desenvolvimento emocional e intelectual das crianças em idadepré-escolar”, explica Bia.

Local

As histórias se passam num igarapé (um braço de rio,riacho). Segundo a equipe, o meio líquido exigiu muita tecnologia para levarpara as telas a textura, o movimento e efeitos luminosos da água.

Serviço

O que é: Programa infantil “Igarapé mágico”

Onde: TV Brasil, a partir de 20 de janeiro

Quando: Vai ao ar de segunda à sexta, das 8h30 às 11h30 edas 12h30 às 15h.