Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Entrevista exclusiva: Murilo Rosa fala sobre a experiência de soltar a voz no filme "Vazio Coração"

O ator falou a equipe de A Crítica sobre a estreia como cantor no longa-metragem de Alberto Araújo

Murilo estreia ao lado de Larissa Maciel e Othon Batista

Murilo estreia ao lado de Larissa Maciel e Othon Batista (Divulgação)

Quem conferir o longa “Vazio Coração” irá se deparar com um Murilo Rosa completamente diferente. Calma, o ator não teve que passar por nenhuma transformação física ou algo do tipo. No lugar disso, o astro aliou uma nova faceta do seu trabalho - até então desconhecida por parte do público - ao seu distinto talento como ator. Na produção, comandada por Alberto Araújo, Murilo solta a voz em frente às câmeras, sem nunca ter feito aulas de canto.

O resultado final da nova empreitada, que surpreendeu até mesmo o próprio astro, já vem rendendo bons frutos. Em novembro, a Som Livre lançou a trilha sonora do filme toda gravada pelo ator. Foram três faixas gravadas em estúdio e outras seis ao vivo. Além disso, na semana passada, Murilo abocanhou o prêmio de Melhor Ator pelo 23º Festival de Cinema de Natal. “Vazio Coração” foi eleito o Melhor Filme. “Gostei muito da experiência e o resultado me deixou super contente. As músicas são bonitas e com profundidade, conseguimos imprimir um sentimento em cada uma delas”, disse o astro, em entrevista exclusiva à A Crítica.

A novidade, porém, deverá ficar registrada apenas no longa. Diferente do que foi publicado no final de novembro, o ator não tem planos de seguir a carreira musical. “Foi tudo muito bacana, mas não vou virar cantor (risos)”, frisou Murilo. “São duas profissões bastante diferentes. Cantar pode entrar no leque de opções de um ator ao longo da carreira, mas com o cantor é diferente. Ele está à frente da sua própria imagem, enquanto nós, atores, estamos protegidos por um personagem”, acrescentou.

Homenagem à família

Em “Vazio Coração”, Murilo Rosa vive Hugo Kari, um cantor brasileiro nacionalmente famoso. Num determinado momento de sua carreira, ele decide fazer uma pausa em sua agenda para se encontrar com o pai, o Embaixador Mário Menezes (Othon Bastos), no Grande Hotel Termas do Arazá, lugar onde a família costumava se reunir nas férias. Nesse lugar, repleto de memórias e recordações boas, ambos tentam se reconciliar e consertar uma relação despedaçada pelo tempo e por conflitos, principalmente de ideias, e por uma tragédia que eles nunca conseguiram superar: a morte da mãe de Hugo.

Com quase dez pré-estreias ao redor do Brasil, o ator destaca a comoção que a história vem causando nas pessoas como motivo principal do reconhecimento do longa. “Ele (o filme) é uma homenagem à família”, resumiu o astro, que contracena, ainda, ao lado de Bete Mendes, Larissa Maciel e Lima Duarte. “A mensagem que ‘Vazio Coração’ passa é muito positiva: faça algo em quanto há tempo. Acho que muitas pessoas irão se identificar com isso”, apostou Murilo. “Vazio Coração” não tem previsão de estreia em Manaus.

Planos

Depois que cumprir agenda com “Vazio Coração”, Murilo Rosa deverá se dividir entre filmes e uma novela em 2014. “Tudo ainda está sob análise, avaliação de contrato e essas coisas. Mas logo terei algo mais concreto para revelar”, disse o ator, que acaba de abrir a sua própria produtora, a Mar Produções. “Posso adiantar que vai ser um ano bem legal. Já estamos trabalhando com alguns filmes e temos bastante coisa pela frente”, completou.