Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Estilista brasileira lança coleção inspirada na MPB

As roupas são sucesso nos EUA e o conjunto de peças e acessórios é um reflexo do que a estilista costuma escutar


Com total de 15 peças, pode-se dizer que “MPB” já um sucesso “nas paradas”

Com total de 15 peças, pode-se dizer que “MPB” já um sucesso “nas paradas” (Divulgação )

Assistir a avó costurar, quando criança, foi primordial para que Ana di Romão optasse por uma carreira no campo da Moda. “Ela passava as tardes costurando e eu sempre ficava ao lado dela, somente observando”, conta a estilista ao BEM VIVER. Hoje, com apenas 25 anos, a paulistana se prepara para lançar a sua segunda coleção, inspirada numa das suas maiores paixões: a música.

Devidamente intitulado “MPB”, o conjunto de peças e acessórios é um reflexo do que a estilista costuma escutar. “A música é sempre uma fonte de inspiração para mim porque tenho uma relação pessoal muito forte com ela”, explica Ana. “Música é o meu combustível criativo”, completa. Para projetar a coleção, ela se baseou em novos projetos musicais da cena nacional, como Emicida, Karina Buhr, Jair Naves e Bambas Dois, do produtor BID.

Com total de 15 peças, pode-se dizer que “MPB” já um sucesso “nas paradas”. Isso porque a coleção chamou a atenção de pelo menos três lojas no Sul da Flórida, nos Estados Unidos. “Muitas amigas que moram no país comentavam que minhas peças chamavam a atenção pelo DNA tropicalista e cheio de frescor. As norte-americanas queriam comprá-las, mas não tinham acesso”, revela a estilista. “Tudo está em fase de negociação. Julho é o prazo final para a conclusão”, acrescenta. No Brasil, a coleção pode ser encontrada no ateliê de Ana, na capital paulista.

INÍCIO DE TUDO

Em 2012, Ana enviou uma série de colares a uma butique de Palm Beach. “Foi um sucesso de venda”, diz ela orgulhosa. A partir daí, a estilista conquistou uma exigente clientela. “Uma dessas minhas clientes é a empresária Stephanie Di Grassi. Ela vinha ao Brasil, comprava minhas peças e, chegando lá, as amigas também queriam. Cheguei à conclusão de que o melhor seria estabelecer pontos-de-venda e a Stephanie, por ter experiência em comércio de luxo nos Estados Unidos, se tornou minha representante comercial”.

ESTAMPAS AMAZÔNICAS

Ao terminar de colher os frutos do seu atual trabalho, Ana di Romão já mergulhará de cabeça na sua nova coleção. E o tema deverá agradar (e muito) os fashionistas manauaras: a estilista usará como fonte de inspiração o Amazonas. “É um tema que me atrai muito”, ressalta. “É um estado rico, com muita natureza e diversidade étnica”, completa a estilista, que, em breve, deverá iniciar seu processo de pesquisa.

Além da nova coleção, ela dará continuidade ao curso de Psicologia, interesse que surgiu, nas suas próprias palavras, “a partir dos atendimentos das clientes no ateliê”. “Elas compartilham muito da vida delas comigo e passei a ter curiosidade pela Psicologia. Ao invés de ficar em casa vendo televisão, resolvi usar minhas noites para estudar”.