Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Saga de fantasia nascida em Manaus é lançada neste sábado

Voydra: A divisão dos três reinos de Leandro Lucena será lançado a partir das 17h na Casa de Cinema

Leandro laça seu livro de estreia neste sábado em Manaus

Leandro laça seu livro de estreia neste sábado em Manaus (Divulgação)

Após a perda da mãe, o jovem Lean e seu pai se mudam para uma misteriosa casa na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro. Lá, o rapaz descobre três estátuas de pedra que dão acesso a outros planetas, onde civilizações exóticas, formadas por animais similares aos da Terra, batalham entre si.

Este é o ponto de partida de “Voydra – A divisão dos Três Reinos”, primeiro livro de uma saga de fantasia e aventura em quatro partes, que será lançado em Manaus neste sábado (21), a partir das 17h, na Casa do Cinema. Na ocasião, haverá sessão de autógrafos com o autor e escritor estreante, o carioca Leandro Lucena.

Fantasia e perda

Embora ambientada na capital carioca e na fantasia, a história de “Voydra” começou a ser urdida e escrita em Manaus, onde Lucena, também conhecido como Cafu, morou ao longo dos últimos seis anos. O autor começou a escrever a saga em 2009, num período que coincidiu com o luto pela perda de sua mãe e o fim da saga “Harry Potter”, da qual ele é fã.

“Senti uma lacuna tão grande que pensei, ‘Quer saber? Vou escrever minha própria saga!’. E preenchi aquele vazio escrevendo”, conta ele, que justifica as semelhanças entre a sua história e a de seu protagonista no início do livro: “Quis homenagear a minha mãe, para a memória dela ser eterna”.

Do virtual ao físico

Cafu levou ainda quase três anos com o título engavetado. Chegou a oferecer a obra a editoras locais, mas foi recusado, e resolveu seguir a sugestão de um colega de apostar num site de publicação independente. O resultado? “Foi um sucesso estrondoso. Tive mais de 60 mil downloads”, afirma.

O sucesso na plataforma virtual chamou a atenção das editoras, e Cafu recebeu dois convites para lançar sua saga em livros de papel. Fechou contrato com a conterrânea Multifoco, que deverá lançar todos os títulos da coleção “Voydra”. O primeiro título já foi lançado por lá, com direito a duas noites de sessão de autógrafo.

Cafu planeja lançar sua tetralogia até outubro de 2014. Por conta de compromissos, inclusive com sua editora, ele se divide entre Rio e Manaus. Mas revela que ainda permanece ligado à capital amazonense, que fez questão de homenagear no livro de estreia. “No livro faço um agradecimento à cidade e a meus amigos de Manaus. É a cidade onde minha mãe nasceu, e o livro é dedicado a ela”.