Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Meditação e seus diversos benefícios

Prática milenar promove equilíbrio físico e mental, combate estresse e contribui para saúde

Meditação é um dos métodos para a busca do autoconhecimento ministrados nos cursos de Gnosis, oferecidos regularmente pelo Ageacac

Meditação é um dos métodos para a busca do autoconhecimento ministrados nos cursos de Gnosis, oferecidos regularmente pelo Ageacac (J. Renato Queiroz)

Quando uma máquina ou aparelho funciona durante muito tempo e começa a esquentar demais, correndo o risco de se desgastar ou quebrar, é recomendado desligá-lo ou colocá-lo em ‘standby’. Seres humanos, infelizmente, não têm um botão parecido, mas também contam com uma ferramenta natural para “se desligar” da correria e das preocupações da vida cotidiana: a meditação. Essa prática milenar, como já se sabe há tempos e hoje vem sendo comprovado pela ciência, pode combater o estresse e trazer benefícios para a saúde, promovendo o equilíbrio físico e mental das pessoas.

Mas o que vem a ser a meditação? A palavra vem do latim “meditare”, que significa algo como “voltar a atenção para dentro de si para desligar-se do mundo exterior”. Já Severino Germano, 30, instrutor do curso da Associação Gnóstica de Estudos Antropológicos Culturais, Arte e Ciência (Ageacac), que organiza em Manaus o projeto Medita Brasil (veja a Busca), define-a de forma metafórica como método para se “atingir o silêncio da mente”.

Galgando degraus

As definições podem até soar simples, mas meditar não é tão fácil como apertar um botão. De cara, é necessária ainda alguma preparação, segundo Afonso Ribas, 25, coordenador do Medita Brasil. “É preciso buscar um relaxamento contínuo ao longo do dia, evitando o estresse. Quem sai da correria para meditar vai ter muita dificuldade”.

O ambiente ao redor também é importante: deve-se buscar o silêncio completo, ou ruídos/ música leve. Sons da natureza também podem ser propícios, comenta Ribas. “O contato com a natureza ajuda a combater o estresse, portanto também pode auxiliar na meditação”. Aromas e perfumes naturais, ele acresce, também podem contribuir.

Tudo pronto, a meditação se desenvolve ao longo de alguns passos. “Basicamente, são eles: colocar-se numa postura cômoda; relaxar; concentrar-se numa única coisa; não pensar”, enumera Ribas, que cita ainda um quinto passo, o samadhi – do sânscrito, “iluminação”, o grau mais alto de meditação.

Quem chega exausto do trabalho ou da faculdade sabe como pode ser difícil conseguir relaxar. Por conta disso, não dá para se ter uma boa meditação logo na primeira vez. “É como um exercício físico: você precisa praticar para fazer melhor”, declara Cristiane Bortolini Martins, 27, estudante de Pedagogia e praticante de meditação. “O importante é sempre se exercitar”, completa.

Para viver melhor

Os benefícios da meditação regular são diversos. Ela pode prevenir e combater a ansiedade, a depressão e uma série de outros males, como a hipertensão arterial, a dor crônica, a insônia. Pode aliviar os sintomas da tensão pré-menstrual. E até ajudar dependentes de drogas a largar o vício, como o fumo. Estudos científicos apontam que a prática pode até alterar a fisiologia do organismo.

E esses benefícios não demoram a aparecer. “Primeiro aparece na qualidade de vida: a gente se sente mais disposto, com mais ânimo e tranquilidade”, conta Ribas, que começou a meditar há cinco anos. Germano acrescenta que a prática estimula ainda uma maior percepção do corpo e da saúde. “Uma pessoa pode ter um mal gritante num órgão e nem se dar conta. Com a meditação, ela começa a ter mais consciência de si e de seu corpo, e a perceber o que acontece com ele”, diz.

Os entrevistados apontam ainda que o próprio cérebro parece trabalhar melhor. “A visão da vida e o estilo de vida mudam bastante. Você começa a ter uma consciência maior de si e da vida, de como resolver problemas e até evitá-los”, avalia Cristiane. “Você vê com mais clareza as situações que vivencia no dia a dia, na família, no trabalho e por aí vai”, opina Germano.

Válvula de escape

Numa época em que a ordem é correr contra o relógio, a meditação promove a pausa necessária para se recuperar. “A correria do dia a dia pode virar uma bola de neve. É importante compensar tudo aquilo que a gente sofre, no trabalho, na faculdade, em casa”, adverte Germano.

“Ela é fundamental no aspecto de restabelecer um estado de equilíbrio”, resume Ribas. E a meditação regular, ele conclui, ajuda a colocar o organismo nos eixos. “A pessoa começa a mudar o seu dia a dia, e a vida dela começa a mudar também, num círculo virtuoso de benefício”.

Estique-se

Os músculos sofrem com o estresse e a ansiedade, que causam contrações involuntárias principalmente no pescoço, pernas e braços. Se você sente tensão ou desconforto nessas áreas, inclua no seu dia a dia sessões curtas de alongamento, com movimentos lentos e circulares.

Encontro

As atividades do Projeto Medita Brasil em Manaus tiveram início anteontem, com a realização da palestra “Aprenda a meditar”. Até o próximo dia 21, o evento vai promover palestras gratuitas sobre os benefícios da prática. Saiba mais sobre o evento e sobre outras atividades promovidas pelo Ageacacpor meio do site http://meditamanaus.com/.