Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Orientação Vocacional pode ajudar jovens indecisos

Para se ter uma ideia, a escolha errada do curso é o maior motivo de descontentamento dos universitários brasileiros

Orientação Vocacional pode ajudar jovens indecisos

Orientação Vocacional pode ajudar jovens indecisos (Reprodução/Internet)

O momento de escolha da profissão costuma trazer ansiedade e dúvidas aos estudantes e, algumas vezes, pode provocar até uma sensação de angústia pela indecisão. E para tornar essa fase mais fácil, é essencial que haja diálogo com os pais e professores, afinal é uma escolha que também trará consequências em sua vida pessoal. Para se ter uma ideia, a escolha errada do curso é o maior motivo de descontentamento dos universitários brasileiros. Pesquisa do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) mostra que, de 11 mil jovens consultados, 36% afirmam terem descoberto tardiamente que optaram por um curso com o qual não se identificam.

A diretora do Ensino Fundamental do Centro Educacional Literatus (CEL), Kátia Calderaro, aponta que nesse processo de individualização e amadurecimento o jovem passa a conhecer-se melhor, identificar suas aptidões, interesses e entender seu papel na sociedade.

“Daí a importância desse autoconhecimento para que haja uma escolha consciente e ele possa abraçar a sua profissão, mas para que isso aconteça o jovem não pode ser pressionado ou influenciado por amigos, família ou até pela necessidade de decidir por alguma opção em virtude do momento de inscrição no vestibular”, aponta a diretora do CEL.

Ela acrescenta que o papel da escola nesse momento é ser uma ponte de informações. Por esse motivo, há 7 anos o CEL criou o Programa de Orientação Vocacional  através do Painel das Profissões destinado aos alunos do 6º ao 9º Ano do Ensino Fundamental com o objetivo de direcionar, preventivamente e positivamente, a escola dos alunos. Este mês, os adolescentes irão participar de palestras que incentivam o processo de escolha profissional através do esclarecimento de dúvidas e curiosidades sobre as profissões e o mercado de trabalho.

“É um programa que vem ao encontro da missão da instituição, que é a de formar cidadãos conscientes e felizes”, comenta Kátia.  Já os alunos do ensino médio ainda de acordo com o Programa de Orientação Vocacional participarão do Guia de Carreiras e Valores, fruto de uma parceria do CEL com a multinacional TTI Success Insights e a Targo Consultoria.

Os alunos do 3º ano serão levados para o Laboratório de Informática para preencherem um questionário, que resultará em um laudo comportamental, apresentando suas principais características, identificando seus pontos fortes e os que precisam ser melhorados e isso o auxiliará a descobrir em qual segmento poderá obter êxito, face suas características comportamentais.

Kátia frisa que a intenção da escola é que primeiramente o estudante seja levado a pensar com qual especialidade ele quer trabalhar e, a partir daí, ele vai escolher o melhor curso e a melhor faculdade dentro de suas necessidades. “Ele irá planejar seu futuro para que ao final do curso, consciente de sua escolha e sobretudo, feliz, a inserção no mercado se torne fácil e automática”, avisou.

 *Com informações de assessoria de comunicação.