Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Bumbás de Parintins desfilam no Carnaval do Rio

Garantido e Caprichoso serão homenageados por escolas de samba SP e Porto Alegre

Garantido e Caprichoso serão homenageados por escolas de samba SP e Porto Alegre

Garantido e Caprichoso serão homenageados por escolas de samba SP e Porto Alegre (Arquivo / Acritica)

Os bois Garantido e Caprichoso vão dar as caras mais uma vez no Carnaval do Rio de Janeiro, com direito a lugar de destaque no desfile da Mangueira, que neste ano defende o enredo “A festança brasileira cai no samba da Mangueira”. A passagem dos bumbás pela Marquês de Sapucaí acontece no próximo domingo, dia 2 de março, quando os dois protagonistas do Festival de Parintins participam do desfile da Estação Primeira como representantes de uma das principais festas populares do País.

De acordo o vice-presidente do boi azul, Rossy Amoedo, um setor inteiro da Mangueira será dedicada a Parintins, e uma equipe de artistas amazonenses (coordenada por ele) está no Rio de Janeiro produzindo o carro alegórico que trará Caprichoso e Garantido.

Segundo Amoedo, este será o segundo maior carro que a escola de samba colocará na avenida em 2014. “Ele vem após quatro alas que retratam elementos do Festival, como as tribos, a sinhazinha e a vaqueirada. Com certeza, vai ser um dos pontos altos do desfile”, explica ele, que participa da construção do Carnaval carioca há 13 anos.

Outros carnavais

O vice-presidente do Caprichoso também destaca que a Mangueira não é a primeira escola de samba do Rio a homenagear a cultura parintinense. Em 1998, os bois também desfilaram na Sapucaí, quando a Acadêmicos do Salgueiro levou para a avenida o enredo “Parintins, a ilha do boi-bumbá”, do carnavalesco Mário Borriello. “Hoje é a Mangueira que coloca a nossa cidade de uma forma muito rica e forte no seu enredo”, diz.

Já o presidente do Garantido, Telo Pinto, não dispensa o entusiasmo ao comentar a participação especial dos bois. “Sempre é positivo, ainda mais quando se fala em colocar nosso festival e identidade na mídia mundial, e quando estamos relacionados à Mangueira, escola onde as pessoas têm carinho pela tradição. Em Parintins, nossa a vaidade aumenta por ter nossa brincadeira sendo mais uma vez levada para o Brasil e para o mundo”.

Telo já adianta que Lisboa será a próxima parada dos bois. Entre os dias 10 e 15 de março, eles participam da Feira Internacional de Turismo, em parceria com a Amazonastur e o Ministério da Cultura.

Relação de troca

Também alegorista do Caprichoso, Rossy Amoedo coordena o trabalho de artistas amazonenses em diversas escolas de samba do Rio de Janeiro, além da Mangueira. São profissionais que emprestam à folia carioca um talento lapidado por anos de experiência no Festival de Parintins, em áreas como escultura e robótica - os impressionantes movimentos das alegorias dos bumbás sempre fascinaram os carnavalescos.

“A mão de obra parintinense é um conceito de credibilidade por aqui. Parintins buscou no Carnaval identidade, informação e materiais, intercâmbio que continua acontecendo até hoje. São pessoas que levam conhecimento para o Rio e trazem ainda mais para o Amazonas”, argumenta.