Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Rosivaldo Cordeiro em álbum digital, a guitarrada no iTunes

Multi-instrumentista amazonense se apropria da mídia digital e anuncia álbum que será distribuído em 32 países

Multi-instrumentista amazonense se apropria da mídia digital e anuncia álbum que será distribuído  em 32 países

Multi-instrumentista amazonense se apropria da mídia digital e anuncia álbum que será distribuído em 32 países (Acritica)

A guitarrada para o mundo ver. E ouvir também. Esse conceito está presente no segundo álbum solo do compositor, arranjador, multi-instrumentista e produtor musical Rosivaldo Cordeiro, intitulado “Guitarreiro”. A partir de amanhã (24) o registro fonográfico será distribuído, via iTunes, a 32 países. Com 25 anos de carreira na produção musical, o artista se prepara para abraçar um novo momento de sua vida, onde a mídia digital, conforme ele afirma, se estabelece completamente.

Produzido pelo maestro e produtor Manoel Cordeiro a partir do selo independente Cendi Music, o registro possui 12 faixas e possui vínculos com a CD Baby, agregadora musical de Nova York que faz ponte entre o iTunes mundial, conforme ele. “Como o CD é uma mídia que em 10 ou 20 anos será extinta, o mercado digital é a sacada.

Hoje você compra seu Mac ou iPhone, bota um plugin e se você tocar já faz a sua música. Ou se tiver uma luz bacana já faz uma gravação em HD. O jovem amazonense está cada vez mais atento a isso”, comenta o artista. O álbum, segundo ele, tem sete faixas instrumentais e cinco cantadas, onde a grande mentora da sonoridade é a guitarra.

O disco, na verdade, é um ode aos grandes mestres da guitarrada do Amazonas, conforme Rosivaldo. Entre estes está o próprio Manoel Cordeiro, Mestre Vieira e André Amazonas, grandes expoentes do gênero.

No produto há regravações da música “Vulcão de Amor”, da autoria de Júnior Blanco (seu ex-parceiro de Carrapicho), onde ele confere a ela um toque reggaeton; e a canção “Onde andará você”, um clássico de Alípio Martins. O título, pondera Rosivaldo, foi criado com a pretensão de homenagear o guitarreiro Teixeira de Manaus. “Compus pensando nas flexões de saxofone das músicas dele”, acrescenta.

No disco, Cordeiro faz um verdadeiro passeio em todos os gêneros amazônicos que possuem influência do Caribe, entre eles a cumbia, lambada, cacicó (um zouk mais acelerado) e perceptível na música “Mangarataia”, onde o produtor traz um coral de crianças cantando. Rosivaldo pontua também a presença da lambada e do reggaeton, ritmo fortíssimo na Jamaica.

“Mas tudo com o tempero do nosso suor, dessa coisa tropical e quente do nosso povo e estado”, pontua.

Um dos destaque do álbum, conforme o produtor, está em “Uma toada para Nathália”, toada de Manoel Cordeiro feita em homenagem à sua sobrinha. "A toada tem um toque de batida eletrônica”, conta Rosivaldo.

Ainda para este ano, Rosivaldo pretende produzir um álbum que reunirá todos os “mestres da guitarrada do Amazonas” – título provisório para a obra. A ideia, segundo ele, é dedicar três faixas a cada um. “A previsão de lançamento para o álbum é em outubro ou novembro de 2014”.

A relação forte com a França também ajudou o produtor na hora de distribuir e divulgar o disco e shows. “O legal do mercado digital é que você não precisa esperar dois ou três meses pro disco estar na loja. Com o digital, após terminar já posso fazer o upload para o iTunes”, completa.

Para ele, o feedback principal vem da França, onde o Carrapicho explodiu. “Lá temos como representante a Prisma Productions, que vai comandar o projeto de divulgação e shows na Europa. O álbum físico deve ser lançado em meados de abril ou maio, porém Cordeiro adianta que irá transpor o disco também para o vinil. A CD Baby irá dispor 200 vinis. Farei uma promoção e darei a alguns amigos no lançamento do disco físico, que será feito em Manaus”, finaliza.