Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Referência na música eletrônica, DJ André Pulse retorna a Manaus para o 'Na Balada - Jovem Pan'

Consagrado no mercado, DJ já se apresentou em várias partes do mundo. André Pulse vem a capital para evento no Diamond Convention Center, no dia 6 de junho

Um dos precursores da e-music, André Pulse vem a Manaus em junho para evento "Na Balada - Jovem Pan"

Um dos precursores da e-music, André Pulse vem a Manaus em junho para evento "Na Balada - Jovem Pan" (Divulgação)

O interesse do renomado DJ André Pulse pela música eletrônica começou quando ele escutava os primeiros acordes eletrônicos do rock n’ roll na década de 80. Antes de trilhar uma carreira de sucesso internacional e dividir o palco com Fatboy Slim, David Guetta e Tiêsto, precisou buscar novidades na Inglaterra para se atualizar em uma época que não existia Internet. E todo o talento deste mestre da e-music poderá ser conferido no evento “Na Balada – Jovem Pan”, dia 6 de junho, no Diamond Convention Center.

“Era início dos anos 90, não havia Internet no Brasil. As novidades demoravam pelo menos cinco anos para chegar por aqui, por isso eu juntava minha grana e ia para Londres que reunia o melhor cenário da música eletrônica do mundo”, recordou o DJ.

Desde criança, André Pulse sabia que iria trabalhar com música; seus primeiros ensaios como profissional da cena eletrônica começaram em 1995 quando organizava raves nas cercanias de Goiânia. “Logo após me aventurar pelas festas abri a casa Pulse, pioneira em músicas eletrônicas na minha região. Trabalhei durante 14 anos como empresário da noite antes de viver exclusivamente como DJ”, lembrou.

Som

Depois de se apresentar em todas as regiões do Brasil, Europa, Estados Unidos e Ásia, o DJ André Pulse ressaltou a importância da qualidade do som como requisito primordial para conquistar o público. “Quando recebo o convite da Seven Entertainment para tocar em Manaus toco despreocupado porque sei que é uma equipe extremamente preocupada com a qualidade do som. Não adianta um set list impecável se o público não consegue perceber todas as nuances do som”, frisou.

Ao responder outra pergunta sobre as receitas de sucesso, o top DJ destacou que já se apresentou nas melhores casas noturnas do mundo, e frisou o trabalho em equipe. “Eu destacaria a capacidade de promoção e divulgação dos eventos. Como já disse, o som precisa estar acima de qualquer outra questão e a qualidade da apresentação dos eventos deve ser bem elaborada. Essa receita é universal”.

Talvez o maior desafio de um Dj seja manter e segurar a animação do público. O top Dj André Pulse ressalta que o caminho mais fácil e mais curto para qualquer DJ seria tocar hits de sucesso e músicas que já estão na cabeça do grande público. Porém, é preciso muito talento e sensibilidade para animar um público de 30 mil pessoas, como recordou Pulse.

“Eu admiro aqueles DJs que conseguem segurar a animação da pista sem precisar usar músicas comerciais. Em certa ocasião eu abri o show para um DJ que estava fazendo o maior sucesso e consegui manter todo mundo agitado sem queimar músicas que poderiam ser usadas pela atração principal”.