Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Repórter Fabíola Gadelha irá comandar o 'Cidade Alerta' aos sábados

Ansiosa para a sua estreia neste sábado (11), a repórter conta como conseguiu destaque em rede nacional durante suas passagens no programa jornalístico de Marcelo Rezende

Fabíola iniciou sua carreira como repórter há dez anos na TV A Crítica

Fabíola iniciou sua carreira como repórter há dez anos na TV A Crítica (Divulgação)

Os telespectadores de Manaus já estão acostumados com a figura espontânea, corajosa e determinada de Fabíola Gadelha, do programa policial “Alô Amazonas”, da TV A CRÍTICA. Em 2013, a repórter, acostumada a flertar com o perigo em prol da justiça e da população, conquistou o coração de muitos brasileiros em suas participações em links ao vivo dentro do “Cidade Alerta”.

O programa policial da TV Record é apresentado pelo jornalista Marcelo Rezende, o qual descobriu o talento e potencial na repórter amazonense, que passará a apresentar o programa aos sábados, durante o período de férias do apresentador oficial. Agora é a vez de Fabíola dizer: “corta pra mim!”.

Já em São Paulo, a amazonense confessou, em entrevista por telefone, que está ansiosa para sua estreia de hoje. “Estou com vontade de mostrar o que a gente faz em Manaus. Tive uma reunião com o pessoal da Record e falaram para eu fazer como já faço aí na cidade. Se fosse para fazer o que todo mundo faz, eles não iam me trazer”, disse Fabíola. Marcelo Rezende ainda não sabe dela à frente do “Cidade Alerta”, tudo será uma surpresa até para ele.

“Ele vai voltar de férias em fevereiro. Isso de eu apresentar foi uma ideia da Record. Será uma surpresa para o Marcelo, só amanhã (hoje), quando formos para o lançamento do livro (“Corta pra mim – Os bastidores das grandes reportagens”) dele, que saberá”, disse a repórter, que não poupo elogios ao amigo.

“Ele é maravilhoso! É a primeira pessoa que me viu e me quis na equipe do ‘Cidade Alerta’. Ele me ajudou a chegar aonde cheguei. Eu tenho um carinho muito, mais muito grande pelo Marcelo. Mesmo de longe nós temos um vínculo de amizade”.

Receptividade

Após aparecer com frequência ao vivo no “Cidade Alerta”, Fabíola passou a receber o carinho da população brasileira, ser reconhecida nas ruas e em todos os lugares por onde passa. Aliás, ela acredita que este carinho seja maior fora, pois, em Manaus, a população está acostumada com sua figura.

“Já tenho fã-clubes em quase todos os Estados. Em São Paulo, quando vou ao aeroporto, muitas pessoas pedem para tirar fotos”, disse a amazonense, que nunca desejou este sucesso, simplesmente aconteceu.

“Não sou muito de pensar, sou de trabalhar. Não tenho uma meta a seguir, faço o que gosto. Enquanto puder fazer meu trabalho para ajudar as pessoas, eu vou fazer. Nunca almejei estar onde cheguei, aconteceu”, disse a jornalista, que iniciou sua carreira há dez anos na TV A Crítica, numa seara dificílima que é o jornalismo policial.