Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

‘Rosina’ e tenores são destaques na programação do Festival de Ópera

Neste fim de semana, público fã de música clássica ainda vai poder conferir a última récita de ‘Lucia di Lammermoor’

A entrada para a Vesperal Lírica “Rosina” é gratuita; apresentação será no Centro

A entrada para a Vesperal Lírica ‘Rosina’ é gratuita; apresentação será no Centro (Divulgação)

“Rosina, a garota de Sevilha – de Capitu a Amélia” é o sugestivo nome da Vesperal Lírica Bradesco que será apresentada neste domingo, dia 4, no Teatro da Instalação, às 19h, dentro da programação do 18º Festival Amazonas de Ópera, promovido pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura. A entrada é gratuita.

O espetáculo conceitual é baseado na personagem Rosina, secundária nas óperas “O Barbeiro de Sevilha” (nas versões de Paisiello e na mais conhecida de Rossini), “As Bodas de Fígaro”, de Wolfgang Amadeus Mozart, e “A Mãe Culpada”, do francês Darius Milhaud. As obras tiveram como inspiração três romances do dramaturgo francês Pierre-Augustin Caron, de Beaumarchais, nos quais o protagonista é um barbeiro da cidade espanhola de Sevilha chamado Fígaro.

Modelo idealizado e clássico da mulher em uma sociedade opressora, o concerto, composto de trechos das peças que fazem alusão à personagem, tem ao piano o solista Hilo Carriel, direção musical de Zacarias Fernandes e direção cênica de Roger Barbosa.

Relações

“O recital retrata esta figura relacionando com dois estereótipos femininos brasileiros, Capitu, do livro Dom Casmurro de Machado de Assis, e a Amélia da música de Mário Lago”, explica Fernandes.

Estão no elenco Raquel de Queiroz (Rosina), Fabiano Cardoso e Allex Herculano (Conde de Almaviva), Ramakris Elessondres (Fígaro), Carol Martins como Suzana (Suzanna), Roberto Paulo (Bartolo), Márcio Cruz e Everaldo Barbosa (Basílio), Jaiana Silva (Berta), Meire Vieira (Marcellina), Joubert Júnior (Fiorello), Dídia Haydée Soares (Barbarina) e Edilson Cardoso como Cherubino.

Além da estreia no dia 4 de maio, “Rosina, a garota de Sevilha – De Capitu a Amélia” tem outras três apresentações confirmadas na programação do festival: dia 6, no Centro de Convivência Magdalena Arce Daou (Av. Brasil nº 1335, bairro Santo Antonio); dia 8, no Centro de Convivência Padre Vignola (Av. Noel Nutles nº 119 – Núcleo 8 – Cidade Nova); e dia 10, no Centro de Convivência do Idoso no bairro de Aparecida (R. Wilkens de Matos s/ nº).


Última récita de ‘Lucia’

A trágica história do romance proibido entre os jovens Lucia di Lammermoor e Edgardo (foto) volta a ser encenada no palco do Teatro Amazonas neste sábado, dia 3, a partir das 20h. Considerada, ao lado de “Don Pasquale”, a obra-prima de Donizetti, “Lucia di Lammermooor” é baseada em romance escrito por Sir Walter Scott em 1819.

Com direção musical e regência de Marcelo de Jesus, a ópera tem participação do Coral do Amazonas e dos sopros da Orquestra Experimental da Amazonas Filarmônica. Quem ocupa os papéis principais nesta última récita é a soprano Dhijana Nobre e o tenor Paulo Mandarino.

Três tenores no palco

Na segunda-feira, dia 5, às 20h, acontece o terceiro Recital Bradesco. A apresentação, que acontece no Teatro da Instalação, será inspirado no famoso trio de tenores formado por Luciano Pavarotti, José Carreras e Plácido Domingo. No repertório vão estar composições que os tornaram mundialmente conhecidos, como “Lamento di Federico”, “Nessum Dorma”, “O sole mio” e “Granada”. Participam do recital os tenores Juremir Vieira, Paulo Mandarino e Enrique Bravo, além do maestro Marcelo de Jesus, ao piano. A entrada é gratuita.

Serviço

O quê: Vesperal Lírica Bradesco “Rosina, a garota de Sevilha - de Capitu a Amélia”

Onde: Teatro da Instalação (rua da Instalação, Centro)

Quando: Amanhã, dia 4, às 19hquanto Entrada franca

O quê: Última récita da ópera “Lucia di Lammermoor”

Onde: Teatro Amazonasquando Hoje, às 20h

Quanto: Ingressos à venda na bilheteria do Teatro Amazonas

O quê: Recital Bradesco III - Três Tenores

Onde: Teatro da Instalaçãoquando Segunda-feira, dia 5, às 20h

Quanto: Entrada franca